A triste verdade sobre o rabo de saca-rolhas
A triste verdade sobre o rabo de saca-rolhas
A triste verdade sobre o rabo de saca-rolhas
Raças de cachorros

A triste verdade sobre o rabo de saca-rolhas

Jairo Teixeira
escrito por
Jairo Teixeira

Considerado em algumas raças sinal de “pureza”, o rabo quebrado ou de “saca-rolhas” na verdade é uma anomalia genética com possíveis graves consequências.

O texto abaixo foi traduzido com o objetivo de esclarecer e demonstrar como devemos ter cuidado com as características “exóticas” que selecionamos.

Escrito por J.H.C. Brooijmans-Schallenberg, veterinária e juiza (1926-2010)
Aqui está o link do texto original em inglês.

São as caudas torcidas de interesse dos criadores ou juizes?

As vértebras da cauda pertencem a coluna vertebral e essa faz parte do esqueleto. A formação do esqueleto começa na fase inicial do desenvolvimento embrionário, para ser mais preciso no mesoderma. Também no mesoderma inicia o desenvolvimento do sistema vascular, incluindo o coração, o sistema muscular, urinário e genital.

O desenvolvimento completo do óvulo fecundado até um filhote recém nascido e o crescimento posterior do animal é determinado pelos fatores hereditários. Estudos sobre o desenvolvimento da coluna vertebral de camundongos revelam que aproximadamente 20 fatores hereditários estão envolvidos. É um processo bastante complicado, por isso é obvio que algo facilmente pode dar errado. Mutações não são incomuns. É por isso que os defeitos ocorrem no genoma. Se acontece nos genes os defeitos são então transmitidos a prole.

Defeitos genéticos nem sempre aparecem no fenótipo. As causas são muitas. O modo de herdar (recessivo ou dominante) é um deles, mas também a interação entre os diferentes tipos de fatores herdados. Importante é o número de heterogenese, isto é, a variabilidade do genótipo.

Deformidades nas vértebras da cauda são parte de defeitos no esqueleto. Eles podem ser variados na forma, e dependem do defeito no genótipo.

A cauda pode ser inexistente, ou muito curta terminando de forma abrupta. Pode ter uma ou mais dobras de formas diferentes, tipo anzol ou saca-rolhas. As vezes há poucas ou muitas vértebras, ou em dobro.

Também temos visto defeitos nas articulações médias da coluna vertebral. As caudas quebradas podem aparecer algumas semanas após o nascimento.

Quando a deformidade é limitada a cauda então não tem nenhuma influência na vida do cão, ele pode ser um cão feliz. Mas quando esse cão feliz é usado como reprodutor, seu “pequeno defeito” pode se tornar muito mais sério para sua prole. Não só para as caudas , mas também em outras partes da coluna vertebral.

tail

Há cães nascidos com vértebras deformadas no pescoço, costas e lombo. Há também exemplos de cachorros com o palato dividido, hidrocefalia, mandíbulas tortas, costelas deformadas, muitos ou muito poucos dedos nos pés e pernas muito curtas (do joelho até ao pé).

Como resultado das interações entre diferentes fatores hereditários podem surgir defeitos em outros sistemas de orgãos que são desenvolvidos no mesoderma. Exemplos são os vasos sanguíneos embrionários persistentes, defeitos do septo, uretérico ectópico, ausência de anus e formação de cloaca. Esses defeitos são categorizados principalmente como defeitos de nascimento não hereditários.

kink-carole-of-new-zealand

Possivelmente, mas quando não está provado ser um defeito não herdável, nós devemos nos assegurar e considerar que componentes hereditários podem estar envolvidos nesse caso. O raciocínio inverso ” me prove que é hereditário” pode ser bastante perigoso para a raça.

A ligação entre as deformidades nomeadas acima, e as caudas quebradas (saca-rolhas) encontradas em pais ou parentes de ambos reprodutores, está provada em vários casos.

Essas deformidades são também observadas em outras espécies com caudas quebradas como porcos e camundongos. Em camundongos a pesquisa científica já provou esse fato.

É sempre altamente irresponsável acasalar cães com caudas quebradas (saca-rolhas), significando uma cauda onde as vértebras não estão em linha reta, alinhadas, mas tortas ou deformadas.

bulldogtail_web

O mesmo se aplica obviamente as costas curvadas, deformidades nas costelas, mandíbulas tortas, pernas curtas e dedos a mais ou faltando.

Juizes tem o dever de examinar os cães que estão sendo julgados com muito cuidado e isso inclui a cauda. Defeitos esqueléticos bem como outros problemas para a saúde e bem estar do cão e de sua prole devem sempre ser anotados para maiores informações de criadores e proprietários.

Nesse caso esses cães nunca devem ser avaliados como qualidade superior. É na verdade uma distorção da imagem correta do cão.

img_15621

Criadores, especialmente os interessados em raças cujas caudas são amputadas, devem estar muito atentos as caudas dos recém nascidos. Eles (os criadores) devem manter um registro e devem informar os futuros proprietários. O pedido de uma restrição de “não reprodução” no pedigree é recomendável.

Quando todos nós aceitarmos nossa responsabilidade, isso significa que estamos preocupados com a saúde e bem estar de nossos cães agora e no futuro.

Deixe seu comentário

Postagens relacionadas

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
A minha opinião sobre o DOGO ARGENTINO - Cão de Guarda

Cão de Guarda

A minha opinião sobre o DOGO ARGENTINO

O Dogo Argentino é uma raça que já provou seu valor no combate contra cães, na caça grossa e contra humanos. Um animal cujo perfil se assemelha aos Bandogs do passado. Forjado a “ferro e fogo” tem despertado por décadas a paixão dos admiradores de cães funcionais.

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
O Boxer Bobtail - Raças de cachorros

Raças de cachorros

O Boxer Bobtail

Conheça a história do criador e geneticista BRUCE M CATTANACH, o pai do Boxer Bobtail (cães com caudas naturalmente curtas)

Você quer um site incrível como este?
Sim eu quero!
Shares