Os cuidados no convívio de CÃES E CRIANÇAS
Os cuidados no convívio de CÃES E CRIANÇAS

Mais uma tragédia aconteceu… uma criança foi morta pelo cão da própria família.

Cada vez que algo assim acontece gera um misto de tristeza, frustração e apreensão, especialmente nas pessoas que tem filhos e netos e gostam de cães.

A morte faz parte da vida, porém esse tipo de situação causa uma dor extremamente profunda.

Nada pode mudar o ocorrido, mas o que podemos aprender com esses tristes acontecimentos? O que podemos fazer para minimizar os riscos para nossos filhos e ainda assim mantermos nossos cães?

Na minha vida profissional trabalhando com cães e famílias encontrei situações de alto risco, verdadeiros “acidentes esperando para acontecer”.

Eu atribuo isso a falta de informação e principalmente a humanização.

A humanização, tão propagada pelo cinema e televisão, e agora infiltrada em algumas linhas de treinamento canino é a responsável por uma visão equivocada, mentirosa, que nega o verdadeiro “status” mental e emocional do cão.

Essa visão fantasiosa longe de ser pueril, inocente é extremamente perigosa chegando a ser criminosa quando as consequências colocam em risco a vida de inocentes.

Deixe seu comentário

Postagens relacionadas

Você quer um site incrível como este?
Sim eu quero!
Shares