Zé Leigão
Zé Leigão perguntou:

Olá Jairo, novamente lhe venho com uma dúvida a solucionar:

Tenho um American Staffordshire Terrier de 1 ano e 3 meses, e adquiri o cão para um trabalho de guarda de território aqui em casa.

Esperava que naturalmente ele apresentasse esse comportamento de guarda quando começasse a se tornar adulto.

Ele até fica na frente do portão, atento à rua, porém não late nada. Ele também dorme muito a noite, ao invés de guardar.

Gostaria de saber se há uma maneira de deixar claro para o cão que ele deve assumir um comportamento mais “bravo” no portão.

Existe algo que eu mesmo possa fazer? Devo deixar ele preso de dia e só soltar a noite? É possível ensinar ele a latir? Um adestramento para guarda territorial funcionaria, mesmo se ele não for naturalmente inclinado à guarda?

Desde já agradeço.