Zé Leigão
Zé Leigão perguntou:

Olá Jairo!

Acompanho seu canal há pouco tempo, e já assisti todos os vídeos e concordo com a maioria das coisas que fala e COMO FALA. (Inclusive comecei a ler o livro do Bruno Tausz por sua causa).

Mas passei por uma situação que gostaria do seu olhar profissional sobre o caso.

A pedido do meu vizinho, comecei a ensinar alguns truques para o cão dele (que inclusive está dando resultado), porém em um ambiente externo da casa o cão não tem foco e é agressivo com outros cães por isso com “mão leve” o corrijo usando uma guia com enforcador quando ele quer partir para cima de outros cães.

O fato que ocorreu é que duas mulheres já me pararam e exclamaram dizendo que eu estava errado e machucando o cão daquela forma. Mesmo explicando à elas que eu estava apenas reivindicando a liderança da matilha elas discordaram e insistiram em dizer que profissionais utilizam petisco para o cão andar ao lado no passeio.

 

Gostaria de sua opinião sobre está aplicação da técnica com o uso do enforcador no momento do passeio, no qual muitas pessoas veem como maus tratos (?).

 

Obs: O cão dele é um mix de Pittbull com SRD, o bichinho é forte.