Adestramento não é maus tratos, e maus tratos não é adestramento.
Adestramento não é maus tratos, e maus tratos não é adestramento.
Adestramento não é maus tratos, e maus tratos não é adestramento.
Adestramento de cães e Comportamento Canino

Adestramento não é maus tratos, e maus tratos não é adestramento.

Jairo Teixeira
produzido por
Jairo Teixeira

Legenda do vídeo gerada automaticamente:

Por alguma razão não existe o uma ideia errada de que o treinamento de cães adestramento ficar igual a educação de cães está relacionada ao sofrimento do animal a mostrar isso não é verdade ou não deveria ser verdade tá esse tratamento não deveria ser maus-tratos o adestramento de cães não deveria ser mostrar houve uma época que kojima inclusive um livro sugeriam por exemplo quando o cachorro faz algo errado você pegava o jornal enrolada enrolada em jornal amarrado a passar uma fita isolante dia não batia no chão ou bater no cachorro é um técnicas que eram ensinadas a coisa mudou então não existe não deveria existir lua de instrumento de cães a educação dos créditos espaço para maus-tratos não deveria existir adestramento educação do que não deveria significar o e maus-tratos a maus-tratos não não é diferente nossa até mostrar experimento para que eu não acho é tudo que meu cachorro sem maltratá-lo eu preciso conhecer o bicho eu tô ligando quero saber quem é o cachorro eu vou abrir o instagram e as pessoas que se frustram com cachorro e apel para emagrecer o física são aquelas pessoas que não têm capacidade de argumentação um cachorro eu por exemplo eu me frustro muito com computador então eu fico frustrado computador deu vontade de quebrar o computador literalmente que eu tô com raiva não e eu descobri que não necessariamente a culpa do computador pergunta em mim meu conhecimento computador e limitado tô olhando a frustração porque tem vontade quebrou o computador que fosse bairro número na minha limitação mas tu ficou postando que descarregar uma máquina máquina que ter vida própria então se a pessoa não tem conhecimento suficiente como lidar com o cachorro ela mais força e ela acaba tornando o descarregando sua frustração do animal então longe da ideia de que já testamento seja mostrado deveria ser mostrados eu contrário o de cimento possibilita o meu cachorro seja bem tratado por isso que eu sou só convicta numa dessa mexicano na ideia diz educar e tem dificuldade de verdade conviver com cães que não sou eu educados eu tenho dificuldade eu me afasto eu procuro nem me acho lá com cães aquilo que não são meus que não sai do cara eu gosto é e nem faz sentido para mim a conviver com um cão educado eu posso fazer com que o cara faz sentido olha que interessante o relato de um aluno pelo curso né ele tem dois cães faz um trabalho com dois cães que não eram dele buscar os cães que era de uma conta pessoa com a família convivia com ele e a convivência a relação dessa outra pessoa como estou estranha só carinho só tempo todo carinho beijinho qual obviamente os animais não apartamentos vai mais crescer que o problema sério de higiene isso jogo por todo apartamento igualmente destruição de objetos e essa pessoa que amava nesse instante que tava sem coisas no colo e beijando e carinho a mala e linhas quando os cães destruíram algo que pertencia a ela ela músicas fisicamente os animais e depois voltava beijinho colinho carinho e eu tava nisso e quando um dia esses cães destruíram algo que pertence a pessoa que era muito valioso ela dele aqui essa pessoa que constitui o sacrificar os anões é interessante eu pego no colo do beijinho do carinho aí destruir o algo que é muito valioso gostou se identificar os cães não sei mas a pessoa o dono da casa e abandona os cães quando a banda músicas músicas ficar na casa ele que não tinha nada que ver com aço assumiu abro compra o curso e fez um bom trabalho dentro de todos os limitações deus não excelente trabalho se for sou se dedicou investiu no tempo dinheiro ter então quem realmente quem realmente a pessoa que gostava de mim não é mesmo mas quando o dono amoroso abandonou ele sumiu ele comprou bronca e eu eu só visto essa história de peninha e menininho tá eu vou aproveitar o esse gancho para falar sobre um pouco sobre a lógica por trás das tecn g local não tem um cão que tá solto pela casa souto recebe a deus toda hora né se faz notar pede atenção ganha atenção esse objeto eu aprendi mais comportamento com açúcar solto não dá para educar um cachorro assim proponho de um gelo cachorro para início de conversa as pessoas tendem a ficar com pena muitas vezes a pessoa ser toda minha frente com cachorro no colo do lado ele tentou do relato falando mal do cachorro que não aguentava mais que não dá porque eu quero impossível que destrói lá que me suporta mais que tem que dar um jeito sambuca vai ter que ir embora e tal ouvindo o relato essas queixas do dono e o nome completo para triste tá beleza não a gente pode vamos resolver esse problema pode comer tá então a primeira coisa que eu gostaria que o senhor fizesse é dá um gelo um cachorro para carinho para de falar para de chingar esquece cachorro enorme cachorro tem que ter um carinho pegar eu vou botar um carinho de grau e guardar meu cachorro está com que a pessoa automaticamente anjinho dois minutos atrás o relativo às vezes que não suportavam mais o cachorro e o cachorro é uma praga é uma porcaria impossível destruir aquela dica incomodava que arrependimento que que foi comprar cachorro se não der um jeito dele vai ter que ir embora e agora o que eu falo que foi no caminho dá um gelo e aprender agora é só é um cachorro não faz isso não faz isso eu é mas tem uma tem uma razão de tal chega primeiro turno paulo e para de errar na hora de fazer as coisas que produzirão ter animal meu número dois três passos do cachorro que ocorre muitas vezes que quando o cachorro fica preso recebe o dinheiro e tal ele sente obviamente e é por isso que eu tô ficando a terra aqui começou a sentir e aí gostou muda e tomou chá da e muitas vezes o cachorro parar de comer nunca e o dono ficar preocupado não quis comer cozido a comida que essa resposta não vai ter hora agora que hora certa bota comigo sai sai de perto para ficar junto pois é e por isso que vai sentir e deixa cinco minutos daqui a 5 minutos é porque cinco minutos a pessoa não vou fazer foi lá deixei 15 minutos chegando não tá errado o que que eu peço 5 minutos folha já pouco mas é para o dono também o órgão expedidor que tá com peninha do cão não deixa assim grupo vai deixar dessa podia deixar 15 às vezes o dormente para mim hoje atente para mim só que o cachorro e corta tudo depois o cachorro me fala a verdade que a pessoa tá fazendo o que eu tô eu que eu tô indicando que a resposta padrão não tá acontecendo o aquele cachorro não é um cachorro é o outro bicho hispasat carol ou as pessoas mentindo não tá fazer porque somente a chance da minha nando deixa ficar ele é teu cachorro daqui uns 5 minutos sim do cachorro valorizar comida corrida poder eu tenho donos valorizado que precisa ser padre se valorizar é de que forma o dono vai se valorizava mostrar que eu acho que ele manda vai comprar uma camiseta voz o chapéu de chef líder como é que eu durma mostrar que manda aí todas as coisas mas posição correta mesmo o dono que tem peninha não vai deixar seguir não sou dessa dessa deixa 15 o cachorro percebe o cachorro mensagem que eu sou subestima a capacidade cachorro de e percebi as suas eu sou seu cachorro para bobo de boba não tem nada super super fraqueza então o dono tem aquele resolver a situação para cachorro aí botei o prato leve não comeu eu vou deixar mais pouquinho deixar mais 5 minutinhos a mais segundo a chover quando a técnica o contrário se encontrar eu cria uma situação em que o cachorro é pequeno resolver cachorro é decidir entre comer ou ficar preocupado com dor queria atenção do dono e inaceitável que atenção do dono seja mais importante que a alimentação quando para o cachorro atenção do dono qual ele está privado é mais importante que o ato de se alimentar sérios problemas à frente pode ter certeza já falou que uma hora depois que raça é esse cachorro não interações é mais importante para o dono do cachorro cola o próprio cachorro a internet via rádio lugar eu vejo filhotinhos recém-nascidos lutando pela sobrevivência rastejando de olhos fechados rasteja até a fonte de alimento para sobreviver para atender porque a vida eu convivo tchau preço aí eu tenho um cachorro adulto e ser um bocado do lado ele não quer comer não faz sentido oposto da luta pela sobrevivência tanto creme o amor totalmente superprotegido isso é saudável normal obviamente que não então o dono que tende a resolver esse problema para o cachorro vai tentar resolver outros problemas e o pikachu percebes como fraqueza em contato com outros cães um grupo de gays nenhum cão ficaria cola e quando eu comi e não negativo não contraste a é meu eu como eu sou grato como eu contrário pois vão disputar um vai ganhar força o mais rápido que foi comer o seu correndo nega você vai pegar ele das costas e escondi a carne e como tudo o mais rápido possível entre os coisas disputa ficou com dor aonde aquele favorecimento aquele quase uma atitude de implorar por que o cachorro coma isso é força hoje a partir da parte do dono da força fraqueza a pequena as pessoas acham que está disso onde fica a série e essa tendência de resolver os problemas que tende para o outros aspectos churrasco botar o cachorro na cama aí não quer ficar saio eu tenho que buscar a câmera vou mandar um ursinho para ele ficar lá olha só facilitando o meu cachorro não errado primeiro porque se eu quero que fica na cama objetivo do comando limitador é calmamente um cachorro aço cega cega relaxa parou acaba atualmente temperatura tá bom pra gente conversa e eu consigo usar o ponto e botar um cachorro na mesa e o cachorro relaxar e passar um caderno um estilo aprender ele e ele ficaria é sobre viciado bolinha você vai para o jogo cachorro aquela mesmo joga bolinha cachorro p meu cachorro a gente ali ele aprende a se conter bom então é isso eu vou mais aí não tinha ninguém você não quer ficar grandão assim ó ele vou botar um petisco isso força o isso é fraqueza e quando eu falo força adestramento e for não existe adestramento sem forçar não existe adestramento sem força não existe eu não estou propondo pegar aquele cabo lá que eu tenho de inchada e bater na cabeça do cachorro é isso não eu sou o corpo por prato comer sai de pé deixa a cinco minutos e vou tá em cima de tirar e isso é força só super força do cachorro ta fazendo força contra ele porque ele não tá querendo comer o quê que atenção do douro que mudou o padrão eu tinha status perdeu o status ele tá mais ansioso e recuperar os estados ver a atenção do dono que comer então coloquei o cachorro mano uma decisão não fosse claro tô fazendo um cachorro essa força contra ele mesmo não quer comer tudo bem morar força não força bruta pega um pau batendo a cabeça e baixou seria força bruta não há necessidade fosse a necessidade força não existe adestramento sem força e disse dessa vez em força bruta ganhado cachorro você quer conquistar obediência você tem que parar que favoreceu o cachorro de facilitar para o cachorro estão dando cola cachorro é sempre eu estou aprova produto por aluno a luta lá achei que o professor e a ponta ali ó eu não coloco amigo deixa eu resolver o problema do cachorro precisa de dar o seu filhinho quatro patas que é capaz capaz queria se fosse de sol e deixa o cachorro resolver ele resolve que resolve e resolvia começa a aprender a aprender o dono da criança suas um cachorro tá resolvendo e a resposta é a correta e resulta um benefício para o cachorro e parte respeitante e consciente gente ele sempre tu tem o poder eu sei que tu tem a força ele sente que quando ele concordo contigo o resultado de positivo para ele e ele sabe que o resultado positivo para gente.

Deixe seu comentário

Postagens relacionadas
Curso de Adestramento de Cães Online com Jairo Teixeira
compra verificada
Shares