O seu cachorro vem quando chamado?
O seu cachorro vem quando chamado?
Muitos proprietários passam pela situação frustrante de chamar o seu cão e ele simplesmente ignorar. Correr atrás nem pensar, é cansativo e inútil. O jeito é esperar até que o cão resolva voltar.
Nesse momento, devido a frustração, muitas pessoas punem o cão agravando a situação, pois o animal vai ficar mais relutante em vir da próxima vez que for chamado.
Nesse vídeo abordo esse problema e ensino um exercício simples mas que funciona muito bem quando feito corretamente.

Legenda do vídeo gerada automaticamente:

Então uma pessoa me procurou pedindo ajuda porque ela tem um cachorro que quando ela solta aí chama o cachorro não vem é na verdade isso é muito comum é bem bem como bastante comum a pessoa só o animal chama ele não vem não responde e não queria isso desapareça e sair correndo mas ele mantém uma certa distância ele não atende aí você vai tentar pegar o animal ele dá uma corridinha para ficar cheirando uma pedra você vai chegando perto ainda mais uma corridinha fica fugindo ele está mantendo uma distância que ele sabe que não vai poder ser capturado então quero falar sobre isso sobre algumas práticas que podem levar esse comportamento do cachorro não atender quando chamado e algumas sugestões alguns exercícios que são bebem interessantes que ajuda a corrigir e evitar este problema vou falar sobre isso depois da vinheta e aí pessoal beleza jairo teixeira na área mais uma vez vamos falar de cachorro vamos falar sobre isso sobre a situação o cão que não obedece o comando veio aqui ou não obedece quando chamado né a primeira coisa que o time demonstre essa situação que o dono não tem vínculo com o animal não tem vínculo não criou um vínculo veja bem eu estava observando agora fim de semana eu fui viajar eu estava um curitiba devagar porque não conheço bem a cidade e atravessou a rua e tinham duas outras pessoas moradores de rua com um grupo de cães 34 cães soltos em dia aí eu falei pra minha filha que estava comigo de goiânia sem guia o que os cães acompanhando os donos que são moradores de rua e como é que pode um negócio desse como é que pode um animal que não têm plano de saúde não come ração premium é não tem plano de beleza no pet shop segue o morador de rua vínculo a maneira de tratar o cachorro da forma correta e os cães escolheram seguir os seus donos porque historicamente o cão escolheu seguir o homem o que acontece é que nós por razões óbvias por segurança não eu não posso largar um cachorro na rua para ensinar e me seguir né os riscos são muito grandes mas a guia os muros da minha casa são um mal necessário então falta o que falta às pessoas criarem uma oportunidade criar um ambiente onde elas vão permitir que o cachorro opte por seguir las e isso eu aconselho que seja feito com o animal filhotinho quando o animal é pequenininho 90 dias eu levo ele antes até eu tô fazendo com o cachorrinho de 60 dias agora eu levo o ambiente tranquilo para um campo descampado longe da cidade o garoto tranqüilo onde eu sou um animal e sai me deslocando então ali eu tenho poder qual é o meu poder é eu estou trabalhando com a insegurança do filhotinho eu estou brigando meu filhotinho annie seguir porque ele é inseguro e para o mundo que ele não conhece e eu sou o referencial eu representa segurança para ele então eu tenho poder eu estou sem corda sem nada sem guia mas eu tenho esse poder eu estou trabalhando na segurança do cachorrinho a meu favor esse é um exercício muito bom na verdade o o o melhor exercício que eu conheço para criar vínculo é caminhar se deslocar se você está na cidade você vai se deslocar com seu cachorro na guia agora se a dia não estiver frouxa o exercício não tem valor o exercício vai ter valor quando o cão decide seguir o dono quando o cachorro está rebocados sendo rebocado ou rebocando douro este exercício não tem valor não conta na criação de vínculo o animal tem que estar solto netão na rua ele não pode estar solto mas eu posso usar uma guia front chan então o melhor exercício que eu conheço para a criação de vínculo é isso é a caminhada muito bem existem erros comuns muito básicos que as pessoas coloca cometem tipo usar o nome do cachorro de uma forma negativa social nome de uma forma negativa do paratinga next não xingar brigar com o cachorro tentar punir o animal a ameaçar o animal usa o nome não chega uma associação negativa de poder chamar ex ele ele vai ter essa cessão feita de forma negativa pior ainda é chamar o animal para puni lo a pessoa o cachorro foge não vêem a ela chama quando ele vem ela puxou bate em cachorro ela está frustrada já engata ela pega o cachorro e bate um cachorro quando ele veio quando ele fez aquilo que era esperado então se você chamar o seu animal para punir obviamente não vá ele vai ficar com receio de vir a próxima vez e não só isso vamos ver de uma forma mais sutil eu estou trabalhando agora o filhotinho e está fazendo exatamente isso esse trabalho de vínculo fábio deslocando pelo sítio com o animalzinho solto o meu filhote ele fica no cargo mil porque é um local que ele está seguro quando eu não posso é supervisionar então sem surpresa onde fica no caminho eu vou lá pega o animal solta e vou trabalhar é assim que eu acho que funciona é o trabalho adensamento meu do dos meus cães em etapas né no primeiro ano vou cumprir etapas então agora ele fica no carioca eu soltei o animal para lhe seguir no campo caminhando só caminhando e atrás de mim o filhotinho 60 e poucos dias vamos colocando ele atrás de mim quando ele aproxima eo abaixo do carinho saiu caminhando por que ele me segue tal vai atrás de mim é pouco eventualmente eu paro e don carlini um reforço não precisa da tap pode dar ou não só o fato dele se de deus sai caminhando num ambiente estranho já o suficiente para que ele para que o estímulo negativo a sensação de de estar inseguro ambiente estranho motive ele para me seguir eu posso acrescentar este ano por um estímulo positivo quando chega perto eu reforço aquele comportamento muito bem mas é semelhante quando eu tirei do canil para fazer esse exercício é semelhante levou a criança o parque que leva a criança no parque lago está brincando no balanço gangorra no bem bom se chama ele tá bom vamos pra casa ele quer vir então eu me preocupo muito neco conhece esse momento a hora de prender um animalzinho no canil então eu não vou chamá-lo trecho plano para pegar no colo e prender o caminho porque só isso só com esse pequeno detalhe e se eu for the edges cuidado só aí eu já estou criando uma associação negativa manda o animalzinho para pegar o e prendê lo no caminho então como é que eu faço eu estou andando time seguir lá pelas tantas eu já vou na direção do canil a palestrante seu pai está do lado ou simplesmente pega no colo e leva para o emprego não caiu mas não chama o animalzinho eu não chamo para aprender não quero essa associação eu vou ser preso então é é sutil parece bobagem mas não é para o cachorro não é outra prática que não é interessante e que é comum as pessoas brincarem de de pegar um cachorro de pega-pega finge que vai pegar o cachorro e ele sai correndo corre-corre a pessoa ameaça vou te pegar ele sai correndo não é interessante não é interessante esse exercício é o inverso do que a gente quer e mesmo que ele não vai fugir mas ele ele foge ele corre uma certa distância e isso já pode oferecer perigo exemplo uma eu tinha uma cliente ela tinha 11 são bernardo um animal já de seus oito dez meses grande e ela fazia isso ela brincava e aí vou te pegar ele sai correndo de bobinho assim ela entrou na escola largou o cachorro e lembrou de voltar para o carro para buscar a bolsa o celular não sei que quer que o cachorro atrás saiu para a rua agora foi pegar o cachorro ele entrou nessa viagem sozinha de não me pega não me pega só que a escola ficava numa avenida tinha o espaço do estacionamento mas logo em uma avenida ônibus caísse passando carro passando e ela favorável cachorro aquela brincadeirinha de não me pega eu falei 'não dá para para para para entra entra entra desde o show entra em entre a escola entra na escola porque já estava vendo a hora que queria dar uma corridinha por meio da rua ea causar um acidente ao ser atropelado a coisa ficar feia o animal bo bom o bobão animal superprotegido resenha sendo adestrados começando adestramento recém sabe aprendendo a andar na rua no movimento eu já tava vendo a hora que aconteceu no grande problema eu tive dificuldade de trazer a proprietária para dentro da escola abandonando o cachorro ele veio atrás ele veio atrás então essa brincadeira eu te pego não me pega é não é legal não é legal e principalmente porque eu estou mostrando para o cachorro que ele é mais rápido que um eu jamais vou pegar um cachorro eu não quero que ele saiba disso não quero mostrar minhas cartas por cachorros e ficar nessa vou te pegar ele correios atrás dele eu não vou cansar eu não quero mostrar isso o cachorro não quero mostrar minhas fraquezas por meu cão forma alguma e um erro comum também é dar liberdade cedo demais soltar o cachorro soltassem dia então veja bem o hip eu quero que fique claro para não acharem que eu sou me contradizendo eu tenho que ter algum tipo de poder quando eu só tomei o filhotinho de 60 dias eu tenho poder estou trabalhando na insegurança do cachorrinho ele vai me seguir ele vai conseguir porque está inseguro esse é o meu poder esse é outro agora um cachorro maior mais velho se eu não fizesse exercícios e não criei esse vínculo eu não posso soltar o animal as pessoas soltam animals em dia a isso é normal não vem o animal foge corre ela vai chegando perto a gente pode mais um pouquinho ela vai chegando perto ele foge mais um pouquinho e fica assim por muito tempo então não pode ter que soltar o animal com uma guia você tem que ter o controle você não pode jogar mal perceber suas fraquezas qual é o exercício que eu recomendo para quem já tem um animal que não obedece que não vê quando chamado e o exercício para pra educar o cão já mais velho não foi feita que o trabalho inicial de um filhotinho ele já mais velho eu quero ensinar ele eliéser quando chamado o eu uso uma corda cumprida comprida em 2015 20 metros de corda tá uma cópia fina da espessura de um dedinho eu vou te dar nós ao longo da qual cada método o nozinho usar o hoje um sapato em tênis ou sapatos sem salto que você pisa às vezes acorda passa por baixo do salto às vezes você na pontinha na corda e pisantes escapar já era mas mesmo assim acórdão controle eu já trabalhei um cão uma vez assim com a corda cumprida eu estava num espaço amplo e no loteamento mas era bem amplo e o animal correu assim foi que se afastou e eu pisei na corda e bobi e oriol perdia corta verde passou a corda grande mas eu perdi o time da corda e um bis foi e ele foi a de boa não posso correr atrás continuei caminhando caminhando como se tivesse como os cachorros tivesse no meu controle não quero que ele perceba que a corda acabou e ele fugiu do meu controle e vi uma pessoa pedir favor pode usar na corda pedi pra pessoa pisar na corda ela pisou na corda eu cheguei até um cachorro pronto acorda pra do meu lado novamente está no no meu raio de ação quando o trabalho com a corda cumprida eu eu passo essa idéia do cachorro que eu tenho em meu poder é é é de longa distância é o longo braço da lei né eu conseguir dominá lo à distância como se fosse um controle remoto então o que eu faço tudo andando com o animal saindo cheirando e tal quando antes da corda acabar eu piso acorda eo chama animal ou melhor desculpa eu chamo animal e piso na corda chamo ex ac e piso na copa ele estancar a ele vai levar um baque que está em movimento pis na costa aquele baque seco ele olha pra mim eu chamo e vão na direção oposta ele me segue se não for suficiente eu pego a corda e do puxão puxam duas três vezes ele vem voando outra direção possivelmente ele vai passar de mim o cachorro que que não aprendeu ainda ele vai passar de mim é passar reto a mesma coisa quando antes de acabar a corda a eu só lhe para cordas se você olhar o cachorro vai perder o time acorda eu só olho para corte ele passou de novo durante a copa acabar o piso na corda né chama o cachorro chama o cachorro e piso na corda eu dou o comando e piso recorde já o rec o rex venham os o rex ou aqui o vem não importa você decide tá mas eu chamo o cachorro rex a quip zona corta de novo e fico brincando dessa forma cada vez que ele passa ele vai se afastar eu sempre deixo de 23 metros de segurança claro depende da velocidade do cachorro já em velocidade o pai lhe bem antes e um piso bem antes mas ele está mais tranquilo eu deixo ele quase ao final da corda estão fazendo esse exercício de chamar o animal pisar na você vai ver que ele que ele vai começar a responder antes de pisar acorda poder chávez você vai chamar ele já vai ver antes do pisão fizer o trabalho bonitinho chamou ele vem imediatamente quando ele entra na sua fase de responder só com o chamado você pode ou desde o início nada impede que você vai dar um reforço acontece que no início ele não veio pra você ele vem mas passa reto ele vem passa reto quando começar a obedecer o o comando daquele que já está mais mole vizinho já tá entendendo você chama na sua direcção e dá um carinho ele vende se e dão carinho então no estágio mais avançado de exercício você chama o animal na sua direcção e do carinho esse exercício com a corda ensina o cachorro vir quando chamado e na sua direção quando chamado e ensina ele quando quando solto no futuro no futuro educado sem a corda no ambiente propício ensina ele a manter uma certa distância eu eu me desloco meu cachorro no campo aberto com o meu cachorro que já está educado já está demonstrado deslocam eles o mpu mas ele mantém uma certa distância né ele e não não some ele vai até ali ele vai até ali eu eu eu posso e popular do que eu quiser eu não estou mais preocupado do show ele está preocupado comigo é um exercício muito bom se você já tem um cachorro que não obedece o comando quando chamado trabalha com a corda cumprida o tempo que for necessário não tenha pressa as pessoas pegam por lá não vou tirar a corda para ver se ele já está obedecendo não naná você vai ver a jaru quando é que eu tiro a corda quando é o momento de tirar a corda o momento de tirar a corda é quando esta não se faz mais necessária o momento de tirar a corda é que você não precisa mais corda o momento de tirar a corda é quando você muda de direção sem chamar o cachorro sempre na corda e ele segue ele vai atrás esse é o produto final do exercício mas a coisa em etapas no início você até acorda pra cachorro foge e não vem depois você coloca com a prática de chamar pisar na corda ele vai começar a obedecer o chamado chegou um ponto que ele obedece chamado sem opção na corda chegou um ponto que além de obedecer chamado ele aproxima você dar o carinho e chega um ponto onde você vira as costas muda de direção sem chamar sem pisar a corda e um cachorro e segue que vai chegar um ponto onde a corda não é mais necessária aí você tirar a corda do cachorro etapas da compra etapas o adestramento de cães se ele for gradual ele não é lento necessariamente e não precisa ser lento mas ele tem que ser gradual tá bom então dá pra entender agora por favor faça crie uma associação positiva faça com que quando você chama o seu cachorro quando ele ouviu sua voz ele vai vir alegre vai ver feliz né ô ô ô ô meu cachorro é minha sombra o meu cachorro quer estar comigo na verdade eu já disse isso antes e vou repetir mais uma vez e eu acho muito importante eu chamar meu cachorro e ele vir imediatamente eu acho fantástico isso é muito importante esse comando mas eu eu prefiro eu gosto mais ainda de um cachorro que não precisa chamar eu não preciso chamar eu simplesmente levando seu caminho no cachorro vai atrás que é o que eu chamo do método do carroceiro o método do papeleiro o método do morador de rua né eu levanto sai caminha do cachorro atrás eu para o centro uma pedra shou para o lado fica próximo pode ficar isso ou chorando mas ele está próximo de olho em mim e não tira os olhos de mim meu cachorro não quer me perder de vista ball pro já era só eu espero ter ajudado um abraço a todos e até a próxima.

Deixe seu comentário

Postagens relacionadas
Curso de Adestramento de Cães Online com Jairo Teixeira
compra verificada
Shares