Jairo Teixeira mostra seus Filas Brasileiros
Jairo Teixeira mostra seus Filas Brasileiros
Jairo Teixeira mostra seus Filas Brasileiros
Cão de Guarda

Jairo Teixeira mostra seus Filas Brasileiros

Jairo Teixeira
produzido por
Jairo Teixeira
No último vídeo que eu fiz eu contei com a participação do meu aluno Mauricio Rodrigues.   Como o vídeo ficou longo não deu para mostrar os cães da raça Fila Brasileiro que vieram para mim.  
Hoje fiz esse vídeo rápido apenas para mostrar os animais e falar um pouco sobre as minhas primeiras impressões e expectativas em relação ao projeto de resgate e preservação do O.F.B.

Legenda do vídeo gerada automaticamente:

No último vídeo que eu fiz eu contei com a participação com a presença do meu amigo meu aluno maurício maurício está em minas gerais trabalhando junto ao núcleo de resgate e preservação do original fila brasileiro o fb eu aconselho quem quer saber um pouco mais entra no e no no facebook do original fila brasileiro vai conhecer mais o trabalho do seu antônio carlos linhares borges que o pesquisador muito sério criador de fila há anos e autor de livros tem dois livros publicados bom o maurício veio exclusivamente para me trazer um casal de cães da raça fila brasileiro uma cadela que está e com o torno de 4 anos e um filhotinho que veio do canil porém moreno do amigo marcelo castro a cadela do núcleo de preservação é como fazia muito tempo que a gente não se via eu e maurício nós chutamos para conversar botar a conversa em dia eu liguei a câmera que ficou filmando e à escola quase duas horas aí eu tive que o edital vídeo pra colocar no youtube até algumas pessoas falaram a uma porque não deixou a integrar a conversa estava muito boa é difícil agradar todo mundo já aconteceu de fazer vídeo de 20 minutos as pessoas acharem o vídeo muito longo então que eu faço é difícil saber o que vai agradar qualquer forma apresenta o vídeo na ocasião eu queria ter mostrado os cantis era meu plano é mostrar os cães obviamente como o vídeo ficou longe o editei e mesmo assim ficou de bom tamanho eu deixei para lá resolveu mostrar os cães então hoje estou fazendo este vídeo para mostrar os cães que vieram a cadela com quatro anos e o filhote que está o tom agora é de 90 dias a cadela meio do núcleo de preservação um presente direto das mãos do senhor antonio carlos linhares borges e o filhote veio do canil puri moreno é então eu vou mostrar os cães para vocês hoje mas vai ser depois da meta bom então essa é a fêmea que chegou é uma cadela já que ela tem aproximadamente 14 anos por aí é a idade que calculam que ela tem quatro anos era normal de fazenda então normal que uma vida bastante rústica ela tem várias várias cicatrizes cicatriz dizem é o maurício diz que lá onde ela olha se encontrava na fazenda ela eo irmão dela saiu da fazenda ou e brigava com cães matavam cães ou quando cães de outros outras fazendo entrava no território deles ela eo irmão matava esses animais aliás dizem que foi uma das razões pelas quais resolveram se desfazer da cadela que ela era assim 6 exterminadoras de outros cães nem é tão eu vou caminhar um pouco ela daqui a pouco a mostrar é um outro tipo físico nem quer dizer o animal sempre que não tem excessos né o animal tem pouca pele solta as orelhas são pequenas a inserção da orelha é alta a um animal diferenciado aqui é um animal que não têm registro que está na fazenda e que vem de gerações atrás gerações e gerações de ações serão cruzados lá pelo pelos donos e fazendo pelos peões nelson o pessoal que trabalha com gado e usa esses animais pra a segurança do da fazenda das propriedades e pra trabalhar com gado tocando gado no curral conduzindo o gado de um local para o outro esse trabalho está sendo feito lá pelo núcleo de núcleo de recuperação e preservação do fila brasileiro é um trabalho que está começando a pesquisa do seu antônio linhares ela já tem um tempo mas o trabalho de seleção é uma coisa é difícil né eles viajam pelo interior pelas fazendas procurando há animais que se encaixem dentro de um padre um padrão morfológico dentro das características de temperamento de um filho brasileiro original então é um trabalho de resgate resgate preservação então o jogo não está ganho o jogo está começando tem muito trabalho pela frente na tentativa de resgatar e preservar e este cão de fila o cão de de fila brasileiro um cão de apresar eu até estava comentando com maurício o seguinte que no meu entender mesmo esses cães que estão lá em fazenda que tem como principal função serem boiadeiro serem guardas de propriedade e boiadeiro mesmo estes cães essa cadela eles perderam um pouco da caça porque eles não são tão usados na caça como são usados no gado ok eu quero dizer com parado estou comparando com os cães que chegaram no tempo do brasil colônia então esses animais de um tempo para cá conforme eles foram se especializando no trabalho de fazendas com o gado a caça ficou em segundo plano uma coisa que não é tão tão exercida por eles como foi no passado esse é o meu entendimento porque o ps percebo uma casa baixa nele então é algo que deve ser feito nós queremos um cão de apresar um cão de filar este animal tem uma cabeça boa que eu não estou dizendo que eles não têm casa casa em sétimo chega gente chega pessoas estranhas ela reage dessa forma eu não coloquei controle nenhum nela está fazendo uma adaptação primeiro lugar eu estou fazendo uma adaptação conhecendo o animal ela estava muito magra tá melhorando agora estava com os machucados ainda assim aqui no pescoço e então não estabelecida de controle ainda não está falando isso eu estou dizendo que esse animal não tem caça não estou dizendo isso eu estou dizendo que nós temos que dentro do processo de seleção observar que esses animais têm o caso o suficiente para a fila para apresentar e não larga não é morder é agarrar eu falo semelhante a um do gol argentino ok porque se ele é um cão de fila ele tem que atacar seu cão desfilar e tem que chegar seja um javali ou humano e eis aí uma oportunidade o javali no brasil está completamente fora do controle infelizmente algumas entidades de proteção dos animais aí não entendem que o javali não é um animal natural da nossa fauna o animal foi introduzido entrou sei lá pelo uruguai pela argentina que na verdade está ameaçando a fauna nacional ele é são porcos né aí tem o javaporco e se misturaram então ele come nem os diabos rasteiras então da aves que são da nossa espécie da nossa fauna e estão sendo afetados por javalis e fala da agricultura então eu espero que as autoridades não deixa que chegou o ponto onde a agricultura fica totalmente afetada e aí não tem controle como fazer já não tenho já saiu do controle mas existem pessoas grupos de caçadores que se dispõe a fazer ajudar nisso aí de qualquer forma o que eu quero pontuar aqui é que na seleção do nosso cão é é importante que ele tem uma casa boa pra ver no domingo então ter boa para que ele sirva para que ele possa ter chamado de um cão de fila largam dh vou dar uma mexida nela aqui está ele fazia levantar um pouquinho aqui é o animal ela prometeu gosto é um pouco é um pouquinho mil dá para o meu gosto um pouquinho humilde porém o macho que veio acompanhando que eu vou mostrar seguir tv acompanhando ele é um animal que ele não é uma aborígene é um mal que tem registro ele vem do canil público moreno filho do capitão do púri moreno e da amb guará se não me engano é não guardar nenhum animal vai ser um animal a maior grande é um animal que tem mais pele é tem mais pele as orelhas são maiores está não é diferente desse animal então a gente vai trabalhar para manter o animal com a morfologia boa sem excessos com um bom temperamento e que principalmente que h e que filme olha só tá ligado ligado apareceu gente ela fica ligada isso é muito interessante eu gosto de um claro que tem que colocar controle obviamente eu estou deixando à vontade aqui pra vocês observarem e eu gosto do animal ficar completamente natural comigo se sentia em casa e depois começa a mostrar para ele que manda é o primeiro de uma liberdade the city a votar e quando chegar os primeiros dias a semana é visita é tanto dando descontos depois já tem que lavar banheiro lavar pratos e ajudaram no gasto da casa então é isso aí forma interessante vamos ver o que vai dar é obviamente fazer uns testes com ela né vou colocar ela com figurantes vão ver o que ela tem para oferecer vamos devagar a gente vai entrar vou mostrar agora pra vocês o filhote macho que é que veio do caminho porém moreno pra fazer pra formar o casal com ela bom isso aqui é o machinho que veio pra mim do caminho porém moreno é ele é de do início de novembro ea primeira semana de novembro então agora novembro dezembro janeiro fevereiro e março fecha quatro meses da primeira semana de março é ele está um pouco constrangido o meu câmera man ele realmente não aceita estranhos não gosta de pessoas estranhas ele reage e net natal né dá pra ver que ele é um animal que as orelhas são maiores têm um pouquinho mais de pele é um animal que ele ele não tá nem pro extremo do fim desse estilo moderno ele é não é muito extremadas mas também não é como esses cães de que ele chama de aborígines né é um animal intermediário mas o temperamento do dos pais é muito interessante tanto a mãe quanto o pai então estou bastante feliz vamos ver tá crescendo rápido é um animal que na primeira semana deixei dentro de casa com o intuíto de acostumar com a minha esposa só que minha esposa estava de férias passaram o dia em casa com ele aí quando eu comecei a chegar em casa ele começou a achar ruim eu chegar em casa ele avançava em mim e pede roupas só um pouquinho aí eu digo não vão começar a soltar ele em casa só quando eu quando estiver a gente solta todos os dias e à tardinha agora ela voltou a trabalhar todos os dias à tarde tomar chimarrão e ele já tem a caminha na sala a gente chama ele entra em pauta os gatos dentro de casa os gaúchos têm um gatil mas que têm acesso à casa os gatos entrou na sala com a gente foi conversando tomando chimarrão e ele fica nos nossos pés ali e ele tá super chateado porque ele quer pegar o fogaça o câmera man eu trouxe ele do caiu botei a a guia e acolheria vá querer avançar e avançar então está a contrariar está aqui contra a vontade não está nada feliz aqui porque tem um estranho aqui em casa isso é muito interessante essa característica do fila é muito interessante mas esse filhote aqui vou tentar dar uma mexida nele então tá fazendo levantar que deixa ele relaxa um pouco não vai mais uma vez ser fácil levantar pelo menos ele i e ii e mmx está contrariado o catania tem um estranho identificá la isso é impressionante essa é a principal característica do fila brasileiro ele não gosta de escrever só modo estranho ele o faz um gesto foi só existe só um pouquinho do im este encargo inclui do lado de fora o bandido entrou no set e avós é evitar que este seria fazer com um bicho de pé é bom tamanho essa é uma característica do filme brasileiro é da raça isso não gosta de estranho essa é uma característica que eu acho muito interessante está no animal é de natureza dele e muito bem muito bem então vamos ver o que ele tem a oferecer e deixa crescer vão fazer um trabalho de obediência nele né comecei a usar uma guia zinho uma colherinha dá um passeio aqui no pátio adicionando um bairro sentar deitar essas coisas por um lugarzinho dele vai pra cá minha dele né tem bastante contato com a gente dentro de casa todos os dias ele entra no lugar dele eu quero aproveitar também para ser o segurança segurança da da minha esposa quando eu viajo que eu saio fica o fórum dois dias eu quero que no futuro ele durma dentro de casa coloca uma caixa de transporte grande mas ele pode dormir na casa de transporte no quarto dela ou na sala eu quero que ele fique ali que ele fique protegendo-a a a minha esposa minha ausência e se eu vai ser uma das funções do cachorrinho aqui o nome dele por ironia esse cachorro era pra cedo do amigo marcelo castro é a de uma confusão lá na da questão da da reserva do filhote que viria pra mim houve um mal entendido e acabou que não restou nenhum cachorro e ele gentilmente cedeu então pra mim o cachorro que era da escolha deles cachorro era escolha do marcelo de castro e a ninhada é j né então o nome de registro dele é jiu jitsu do púri moreno é totó olha só que ironia o jiu jitsu veio pra mim ver se eu o meu cão o jiu jitsu do púri moreno tá bom né o jiu jitsu veio parar às mãos um um professor faixa preta de jiu jitsu está bacana eu tava eu tô achando que esse cachorro era para ser meu mesa é amigo marcelo a cachoeira para ser meu mesmo tá bom e se o bichinho pessoal ora isto é os que estão aí agora tem que dar tempo ao tempo a cadela está se adaptando começa a trabalhar ela esse animal é um filhotinho vão deixar o golpe deixou eu gosto do tempo o tempo acho que a criança tem que ser criado talvez cachorro tem que crescer acostuma coco já está acostumado com os outros cães da casa temos vários cães aqui temos 23 temos seis cães mais aqui tem gato seis gatos em casa tem uma área 7 uma cadelinha que a vira lata tem uma matilha de mim aqui ele está inserido támbém tarde já em harmonia com a matilha deixar crescer bom ver que eles são animais têm para oferecer até agora estou gostando bastante tanto dele quanto a cadela sair os cães estão aí os cães eu espero que vocês tenham gostado por onde era só um abraço a todos e até a próxima o gil pega o bandido ele pega o egito pega o bandido pega o méxico pega o bandido brincadeira brincadeira brincadeira é muito novo pra essas coisas muito novo pra essas coisas um abraço a todos e até a próxima.

Deixe seu comentário

Postagens relacionadas
Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
Treinamento amador de proteção. - Cão de Guarda
Cão de Guarda
Treinamento amador de proteção.

Eu botei o nome dessa live de treinamento amador de proteção pessoal veja abelha meu intuito aqui é ajudá-los tá eu quero ajudá-lo mas eu tenho que escolher muito bem as coisas que eu falo porque eu não quero botar em uma pilha errada eu não ...

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
Cão de guarda sem aptidão. Colar eletrônico. - Cão de Guarda
Cão de Guarda
Cão de guarda sem aptidão. Colar eletrônico.

O que você acha da coleira eletrônica para auxiliar no adestramento em quais situações acho ótimo hoje hoje mesmo eu vou repreender um aluno e por que faz o trabalho muito burro está fazendo um trabalho muito bom para fortalecer os bacana pode ...

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
Deixa! Cão de proteção para qualquer pessoa. - Cão de Guarda
Cão de Guarda
Deixa! Cão de proteção para qualquer pessoa.

Então que elas estão ao alcance proteção eu vejo essas colas né então o pessoal da do esporte militar é policial o meu pai tomou 15 outro lá então é questão que eu vejo que eu tô falando hoje aqui poucos se fala no cão real real porém ...

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
Criando um Cão para Proteção #2 - Cão de Guarda
Cão de Guarda
Criando um Cão para Proteção #2

Além de levar para passear o que mais posso fazer para trocar meu cão mais autoconfiante isso a lei não isso muito importante levar para passear não é uma coisa pequenas coisas levar para passear é uma grande coisa não é porque imagina se ...

Curso de Adestramento de Cães Online com Jairo Teixeira
compra verificada
Shares