O cão de defesa ideal
O cão de defesa ideal

O nosso cão de defesa “ideal” deve ser, em primeiro lugar, rús­tico e saudável.

Deve ser capaz de resi­s­tir bem ao clima, morando ao ar livre, desde que provido um abrigo básico, a famosa cas­inha de cachorro.

Um ani­mal pig­men­tado, de prefer­ên­cia escuro, pode ser tigrado, dourado, baio, preto, choco­late, cinza, menos branco.

garrucha-4

O cão branco é mais fácil de ser local­izado à noite e além disso tem o incon­ve­niente dos prob­le­mas de pele.

Pior que isso, a cor branca está asso­ci­ada à sur­dez, prob­lema fre­quente nas raças Bull ter­rier, Dál­mata, Dogo argentino, Dogue alemão, Bull­dog, etc.

A mord­e­dura ideal deve ser em tesoura, podendo ser invertida se os incisivos se tocarem (tesoura invertida).

Deve pesar entre 35 e 55 kg e medir entre 50 e 70 cm na cer­nelha.

Essas medi­das são só uma refer­ên­cia, para se evitarem os exageros.

Já tive uma Pit­Bull de 25 kg e 48 cm que era uma “máquina” no ataque.

Porém, creio que um cão muito leve pode ser facil­mente arremes­sado longe ou mesmo enquanto “pen­durado no braço” ser esma­gado con­tra uma parede por um homem forte.

Além disso um cão maior tem a van­tagem de assus­tar mais, fazendo uma guarda pre­ven­tiva.

tufao-6

Um pos­sível agres­sor vai pen­sar duas vezes antes de con­frontar um ani­mal massivo.

Por outro lado, um cão com mais de 60 kg começa a ficar lerdo demais, com 70–80 kg já é um exagero.

Agora esses com 90–100 kg, por favor, não con­segue alcançar um bom corre­dor de cur­tas distâncias.

Eu sei que há exceções, mas existe uma relação peso/altura que quando ideal, per­mite um desem­penho mel­hor.

Par­tic­u­lar­mente o MEU “ideal” seria 45–50 kg e 62–68 cm de cer­nelha.

IMG_1679

E é o sufi­ciente para parar um homem forte, se tiver espírito de com­bate.

O que, na ver­dade, é o mais impor­tante: COMBATIVIDADE!

Se alguém quer um cão só para “dar alarme”, pode com­prar um ganso sinaleiro.

O objetivo do Bandog Brasil

 

Nosso obje­tivo é pro­duzir um cão que vai entrar em con­fronto físico com um agres­sor até as últi­mas con­se­quên­cias. Ou seja, até a morte, ou até que alguém inter­fira.

Dá para enten­der então que um cão desses não é para qual­quer pessoa.

Na ver­dade o aspecto que mais me atrai no con­ceito Ban­dog, é o fato de poder usar o que há de mel­hor em cada raça.

Imag­ine um cão com:

  • ter­ri­to­ri­al­i­dade do Mas­tim Napoli­tano
  • ojer­iza a estran­hos do Fila Brasileiro
  • poder de mor­dida de um Rot­tweiler
  • resistên­cia à dor e o espírito de com­bate do Pit­Bull
  • mor­folo­gia do Dogo argentino

É uma ver­dadeira máquina de guerra!

mastim napolitano
Mastim Napolitano
fila brasileiro
Fila Brasileiro
rottwailer
Rot­tweiler
pitbull
Pit­Bull
dogo argentino
Dogo argentino

 

Por isso, repito, o Ban­dog é um ani­mal para poucos, que sabem o que querem e sabem da respon­s­abil­i­dade que acompanha.

Porém acred­ito que nos dias de hoje, quando o poder público está com a segu­rança sucateada e é inca­paz de pro­te­ger o cidadão de bem, quando a pop­u­lação está desar­mada, um cão desse cal­i­bre se faz necessário, como uma das úni­cas opções de pro­teção pes­soal e patrimonial.

Sei que algu­mas pes­soas ficam chocadas com essa visão do cão de defesa, mas sem­pre gostei de con­frontar aque­les que chegavam à minha escola querendo um cão de guarda não muito agres­sivo, mas que desse o alarme.

Eu per­gun­tava: Se você acor­dar no meio da noite com um agres­sor den­tro do seu quarto, armado com uma faca, o que você espera que seu cão faça? Comece a latir?

Quem me con­hece pes­soal­mente sabe que sou uma pes­soa da paz, mas no que se ref­ere à segu­rança da minha família, não há nego­ci­ação.

A única ver­dadeira segu­rança que existe é Deus. Mas Deus, por alguma razão, criou o cão.

Deixe seu comentário

Postagens relacionadas

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
Treinamento de proteção com PASTOR MALINOIS - Cão de Guarda

Cão de Guarda

Treinamento de proteção com PASTOR MALINOIS

Respondendo a pergunta: “Mordida de cachorro dói?” Sim dói, mas não só isso, mordida de cachorro rasga, despedaça, dilacera. Um cão pode desfigurar uma pessoa e, dependendo do tamanho do animal, pode até matar. Por isso cães agressivos devem ser manipulados por pessoas capazes, responsáveis, e mantidos em segurança. Nessas imagens podemos ver alguns animais …

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
A minha opinião sobre o ROTTWEILER (+ figuração) - Cão de Guarda

Cão de Guarda

A minha opinião sobre o ROTTWEILER (+ figuração)

O Rottweiler é uma raça pela qual eu tenho uma profunda admiração. Um animal rústico, potente, extremamente ágil para o seu tamanho e peso, dotado de uma mordedura possante que combinada com um alto grau de territorialidade e uma aparência intimidante , o coloca como um dos melhores cães de guarda de perímetro que existe. …

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
O Dogo Argentino e a “cegueira de canil” - Cão de Guarda

Cão de Guarda

O Dogo Argentino e a “cegueira de canil”

O principal motivo de atraso na criação de qualquer raça de cães, é a incapacidade dos criadores de terem um olhar crítico, serem honestos na avaliação dos resultados da sua criação. Movidos por ego, romantismos, a maioria dos criadores entendem quaisquer críticas feitas por terceiros como uma ofensa pessoal, e esses passam automaticamente a serem …

Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
O drive de caça do Fila Brasileiro - Cão de Guarda

Cão de Guarda

O drive de caça do Fila Brasileiro

A principal raça nacional de cão de proteção, o Fila Brasileiro, vem sendo selecionado a décadas de forma muito amadora. Uma seleção que não contém os princípios básicos do adestramento, da sociabilização, dos fundamentos necessários para a formação de um cão de defesa. Criado apenas como “cachorro brabo“, está na hora do Fila brasileiro, patrimônio …

Curso de Adestramento de Cães Online com Jairo Teixeira
compra verificada
Shares