O que é Gostar de Cães? O Amor que Maltrata.
O que é Gostar de Cães? O Amor que Maltrata.

Legenda do vídeo gerada automaticamente:

Eu faço um convite para você pensar em relação ao que que tem que buscar de cachorro quanto realmente as pessoas gostam de cachorro do bicho cachorro e quantas pessoas gostam daquilo que elas estragam da relação para ela ei ei tem uma diferença uma coisa gostar do bicho cachorro e respeitar o bicho entendeu bicho cachorro ah e outra coisa é gostar do que eu extrai o emocionalmente daquela relação a isso é muita é muito cinza isso principalmente hoje em dia é porque muitas pessoas são carentes muitas pessoas têm cara que são carentes e tem uma dificuldade de relacionamento com humanos uma dificuldade alguma razão não consegue interagir bem com seres humanos muitas vezes pessoas que tiveram uma decepção amorosa chão um companheiro uma companheira ter uma decepção se machucou muito e não confia mais de pessoas se encontra no cachorro um ser com cola pode interagir e itatiaia de alguma forma tenta pelo menos saciar aquela falta aquela carinha ela tem de de interação com pessoas por dificuldade por medos né então ao tenta extrair da relação com cachorro gratificação emocional e e e por isso que eu eu não gosto dessa frase quanto mais eu conheço as pessoas mais eu gosto dos meus cães claro não é fácil né conviver com ela é fácil fácil ela não te fala as verdades na cara né o que dispõe não contra os teus segredos né olha e hoje dia nós estamos sobre ataque tá porque essas pessoas essa mentalidade está prevalecendo aí e humaniza e quer transformar transformar o cão neto bem engraçado né porque ai quanto mais eu conheço pessoas mais eu gosto dos cães então você não gosta de pessoas era você gosta de ficar inferno interessante que humaniza o tem se você tem dificuldade com pessoas amo os cães porque o humanismo os cães é isso aí tá muito forte tá vindo e tá ameaçando pessoal eu vi outro dia aí o cara condenado por maus-tratos porque caminhou 13 km com cão oi hoje quer dizer que se eu pegar meu carro e saí de bicicleta para eu fazer lá em brasília eu moro em brasília tudo muito pano lá eu saí de bicicleta com a minha pastora alemã e eu ir embora eu vou para isso eu vou preso imagina eu vou para ele porque foi correr lá sei lá 8 km quando a pastora alemã vou preso maus-tratos sabe por mas como assim maus-tratos é porque as pessoas estão deixando de ver o cachorro como ele é um animal é das pessoas estão projetando coisas no cachorro o e pessoas que estão convencidas e que o melhor do cachorro é de ficar em casa em cima do sofá quatro meses posta ganhando carinho toda hora então é são conhecidas o melhor que o cachorro é aquilo mas elas compromisso equivocadas porque elas estão se baseando em algo que elas gostam o que ela sente as pessoas bem-intencionadas com pouco ou nenhum conhecimento causam sérios danos ao animal e esse tratamento humanizado e o tratamento que mantém o cachorro no estado infantilizado gera um conflito interno muito grande no cachorro o cachorro no ano ele cumpre muitas etapas muitas então ele nasce ea fêmea cuida lambe filhote protege aquece pega com a boca transporta ajeita dar uma má mais tarde ele começa a se interessar pela comida sólida muitas vezes lândia cadelas regurgita eles comem a então e o cão ele é atingido ele é servido pela mãe né tratado porque ele é um filhote um bebê em só que daqui a pouco ele sai da caneta e a mãe começa a mudar radicalmente o seu comportamento e começa a bater no filhote começa ensinar as primeiras regras sociais ela por um instinto precisa preparar o filhote dela para vida até que eles sejam vencedor né aquele sobreviva então o cachorro vai passando por outras etapas e vai ser um tratado como um adulto daqui a pouco ele tenta interagir qual é a montar a mãe a mãe da esporro nele só que aí o mano uma mãe humana fica oferecendo para o cachorro algo que já não condiz com a idade mental dele que é para um beber mas não para um cachorro você me adulto essa fora tem idade para tudo é e repita o primeiro ano acontece muita coisa então humano oferece para o cachorro um tratamento um cuidado que é que deveria ser direcionado para um filhote e não por um adolescente um código e isso gera um conflito porque ele tem a ver com a identidade do cachorro cachorro tem que cachorro tem que se perceber como o adulto isso uma força interna impele eles serão adulto né um comportamento dele formou produção de hormônio né crescimento deles muito ócio a energia dele a necessidade de se auto-afirmar ou o desenvolvimento dele mental dele ser dele pede para ele ter um adulto precisar um completamente adulto né e tratar o outro e ser tratado como um adulto ele pede isso né o corpo dele tinha medo dele existe mas a mensagem que vem do torno é de bip filhotinho filhotinho bom então isso gera um conflito muito grande conflito que leva o cão a cimpor em relação ao dono mas é algo mais acentuado entendeu ele sei ele escuta ele tem chefe do dono é fraco ele percebe que ele tem que preencher aquele aquele vácuo de liderança porque ele está se sentindo inseguro porque o quem deveria subir ele deveria ser o grande referencial de liderança do cachorro é o dono e não paciente que deveria ser o referencial de liderança do cachorro no grupo de cães ser o cão mais velho tá eu entendi então ele é esse ele não convive com quem ele convive uma família só com humanos então o dono deveria ser um referencial de aquele reconhece essa identidade dele para que ele se perceba como como como um todo por isso que a agressão se apresenta de forma exacerbada e havia a necessidade de ar desse porco tem um cachorro dando uma nossa luna aí que está apresentando um comportamento bem assim sabe exagerado e pega aí que que é ele sente essa necessidade ela é impelido aí ela tá provando que ele é o cara lutando com esse conflito interno gera uma série de problemas então problemas que eu que eu encontrei que eu percebi e te ajudei a resolver esse essa área uma área muito delicada porque uma área é envolve a área da medicina veterinária ok google eu não sou vitamina porém os veterinários não são comportamentalista e o cachorro tá com problema de pele que o veterinário faço um remédio ó deve comprimido uma vez por dia passa essa pomada a parte não um curar aí se não melhorar em duas semanas vamos tentar outro medicamento outra droga papeis que determinado fácil porque é isso esse treinamento que recebeu e ele não pode oferecer algo que ele não recebeu que não existem cadeiras na medicina veterinária que tratem com isso faz problemas que eu trabalhei trabalhei convulsões né quando eu falei são paulo padrão né na hora que achou o tempo aqui tá funcionam como um só convulsão acontecia sempre dentro de um contexto dentro do contexto a convulsão acontecia vômito né começou mencionei automutilação já falei em outras lives problemas de pele né porque baixa imunidade um história pele programa de ouvido crônico relacionado à baixa de imunidade relacionada ao manejo comportamental equivocado tá então eu trabalhei há muitos caso investir com sucesso então é esse amor que maltrata que deu origem na humanização achar que tu achou vai ser feliz sendo tratado como eu gosto de ser tratado não negativo negativo né e eu tenho feitos experimentos e tentado tratar meus cães de uma forma mais primitiva possível no meu laboratório lá ainda está nos meus animais com carne crua no chão no chão né não e pratinhos bonitinho economize dele no chão é o meu laboratório o que eu amo o cão eu amo um animal cão aí sensacão aí eu quero descobrir até onde vai isso até hoje o quanto a humanização prejudica o que até até que ponto eu posso deixar o cachorro ser cachorro quanto eu posso deixar de ser cachorro tá dentro dentro dos limites né eu gostaria de ter condições o objeto tiver condições eu vou fazer algo semelhante e cercar uma área gigantesca na terça poderia ser cinco hectares ele suficiente sercar para para botar alguns animais né e deixar os lados em contato tendo a água tem um abrigo lá botar no confeccionado um abrigo rústico e fornecer casta diva né não ter contato com os animais vou mexer carta viva através de uma tela né e não ter contato com os animais e deixar lá deixar comer em água correndo mas ocorreu zinho passando a comida tá lá água tá lá o abrigo tá lá e eu gostaria eu gostaria de presentear isso você de de de observar os cães no estado mais natural que os filho eu gostaria de aprender isso para ver aonde eles chegam né se você já ouviu falar que foram feitos experimentos similares não vai mais é assim que eu vejo assim que eu amo mais do que um indivíduo é essencial e até mesmo que eu sou maluco né comparado com 99 cento da população que e gosta de cachorro e gostam de outra forma tá mas então é um extremos né os extremos da humanização e o extremo jair teixeira querendo trazer o cachorro para uma formação situação totalmente primitiva ao extremo.

Deixe seu comentário

Postagens relacionadas
Curso de Adestramento de Cães Online com Jairo Teixeira
compra verificada
Shares