Tratamento diferenciado entre cães gera CONFLITOS!
Tratamento diferenciado entre cães gera CONFLITOS!
Tratamento diferenciado entre cães gera CONFLITOS!
Adestramento de cães e Comportamento Canino

Tratamento diferenciado entre cães gera CONFLITOS!

Jairo Teixeira
produzido por
Jairo Teixeira
Uma das causas comuns que levam à agressão entre cães em uma mesma residência, é o tratamento diferenciado oferecido pelo proprietário. O típico modelo onde o cão de grande porte, para segurança, fica no pátio, e o de pequeno porte vive dentro de casa, é um exemplo disso.
A desigualdade no manejo, onde o cão menor recebe todas as regalias, frequentemente geram "ciúmes" no guardião da casa, não raro levando a agressão e até a morte devido a diferença de tamanho e poder.
Compete ao dono estabelecer a harmonia entre seus animais através do convívio, atividades físicas e adestramento.

Legenda do vídeo gerada automaticamente:

Uma pessoa que me procurou preocupada com a situação porque ela tem no pátio uma rota vai e tem dentro de casa uma e o chai uma casa a rota vai estar um ano e pouco um ano e meio e já aconteceu de maio mais uma ocasião mais uma vez a mclaren arroz na praia o shake fica praticamente dentro de casa com as mãos a culpa então começo estado da geórgia ti que essa situação realmente é preocupante e pode acontecer uma agressão séculos e chegar ao ponto do campo do pátio o rafa matar yorkshire que fica delicada para falar sobre isso depois da meta então pessoal beleza já deixei lá vamos falar de cachorro essa situação é muito comum muito humor ou agora pensando que gravando o vídeo pensando eu começo a lembrar de várias várias vagas só lembrei de uma de uma cliente linha que eu adverti ela tinha uma poça e e uma poodle identificado e eu estou dizendo olha essa situação tá perigosa senhora não mudar o que ser mudado a boxer pode ver machucar seriamente a tudo que pode inclusive me machucar eu estou percebendo época lê nem cachorro mantém de cachorro e percebendo que o cachorro ta ta indo nessa direção você está nessa direção num dia de tardezinha já estava cheia é dando aulas horário senhora que lotava encosta um táxi e desce uma pastelaria cheio de curva tipo a gaza quem é de informação ela vem não tinha que colocar para assentar os bancos estavam ocupados por ser uma cadeira pra acertou e eu não identifiquei ela se apresentou à polícia de mim eu sou foda é claro da senhora do porto lembra da minha bota da público que falou que tava pequenas ou de risco que a bota poderia machucar tudo foi membro é pois é aconteceu hoje as duas coisas que falam tomé tudo e me agredir ela estava vindo do hospital do pronto socorro então toda remendada manca a descer do táxi toda cortada neste ano depois de ver o que chamou de tática empregada mas ela vê que ela mentir é tanta a favor ada por causa da água já que estava correta bons quero conseguir botar no caminho luso e sim ajudar a encontrar um caminho que ela tá com medo da morte aí trazer um pano pra ajudar mas acreditava que sair pra à tarde pelo mercado quando ela voltou o cantor que no parte dos cultos era jogo no mesmo pátio um cinza tudo quebra que estava cinza suja ea voz junto quando foi pegar do chão cachorro morto há pouco estava morta já a bola avançou e lançou a começou a morder ela quer o chão era uma senhora e um cheirinho coxinha é pouca mobilidade ela caiu ea cachorra começou machucar levantou caiu de novo ela conseguiu se salvar os filhos é o portão que dava pra frente ela passou ea sua banda brasileira ela usou portel contra a cabeça da cachorra é cachorro a gaia e destacou que todos os vizinhos vieram prestar socorro a entrar num táxi levaram pronto socorro para se identificar então num dia aconteceu às duas coisas que eu tinha que hoje é preciso não é que não tem bola de cristal é uma coisa que está desenhada você está vendo que a lei é paga se desenhar acontecendo qualquer situação desequilibrada é muito comum que acontece o campo que fica dedicada de menor porte têm acesso ao sofá ela ganha colo muitas vezes ganha comidinha do lado da mesa ele é todo paparica e o outro do parque é o de grande porte que a princípio não comparecer o cão de guarda que normalmente é um animal de temperamento forte porque vêm do grupo de guarda utilidade o pequenininho é preciso eu viso várias vezes as pessoas não percebem mas quem lê cachorro percebe ele desafia o outro chegar à porta e desafia com olhares com atitudes bem picadinho de pé ele desafia o hospital página ele se acha o dever de casa se acha pela polícia pela posição social que lhe é concedida o dono pegue a trata como o herói luto é o cara que tenha só que lá fora existe uma realidade diferente como é quase nunca sai fora fala na rua conviver com o outro para que as coisas sejam esclarecidas e colocar os pingos nos is quem é que realmente manda né porque se se ambos estivessem juntos né pudessem conviver o natural seria que o animal de grande porte ou mais mais natural o corre corre o rio já viu um cachorro pequeno yorkshire levantar um pastor alemão acho que aconteceu quando o pior já passou e não chegou o ocha já tinha 56 anos eles sim por nós o que mandava o dono não te ver e eu os cães se equilibrar em uma zona não cresceu debaixo do chapéu tranqüilo e viver o amor ea mente mas viviam juntos sem interferência humana e eles se resolver esse que lembrará que olha aquela relação e acabou a manhã mas nessa situação conflitante hoje o cão de menor porte recebem todas as mordomias de vantagem e as prioridades e não quase não sai por pato e quando sair ele sai protegidos aqui um com o pool salvaguarda do douro que fica ali odor ainda ficar administrando protegendo organizações atirando ou nada sai proteger um lima dinho o filhinho mimadinho então fica uma situação de conflito pensa que não é em que nunca sendo resolvida não não surge uma oportunidade para que os cães e resolvi então é um conflito com multas mas só tensa que não está resolvida mas é colocado como esta da boxer que adora não estava em casa para administrar a relação a bruno não sei se a porta ficou aberta escapou por partiu sozinha aí a qualidade da bola rolar destaque é só venha a animadinha chega usando a média mas aconteceu foi isso aí abbott a pegou e deu um saco do porto porque é amigo o dono leva o cão de pequeno porte acreditar que meu carro aí foi uma forte veia oxigenadas e que ela só quem não sozinha não tinha a proteção é e o bicho pegou morreu como eu estou lembrando as situações é difícil falar que eu fico nem vários cortes na cabeça para o caso lembra como também a senhora tinha duas voltas malhas de uma poodle eu falei pra ela não faça isso foi tudo na rua deixa equilibrar mesmo que a cachorra venha eventualmente a bonita de casa porque nem quanto mais tempo elas passaram né na rua juntas com diferente né se harmonizarem melhor mas ela não deu ouvido ea conseguir só as duas mclaren pegava a tudo na frente né generoso programa tudo na frente dela e ainda saiu toda machucada porque o desespero eo pt humana faz uma coisa aqui que é natural é mais só que bota mais lenha na fogueira e cita mais humano começa a gritar basta gritar desesperada em dia se desintegre tudo isso ativa mais agressão é similar ao sol que uma que uma presa manifesta coelho atacar num viaduto atacado atacada ela grita grita de desespero então o mano começa a acreditar que necessita mais dos cães aí a cachorra gritando galindo e o dono gritando aquilo é excita mais lindo e ela foi perfeita e botar a mão e ainda ser toda machucada imagine dois mais dois votos bares animais de porte uma boca pensada fui tentar salvar o clima não só vou na dançante 50 toda machucada não tem como não dá tempo então é uma situação é que pelo seu continente é o acidente esperando acontecer não pode se você tem um cão que você prefere que dona de casa e outro pátio suas razões sei lá a proteger um pátio eu gosto junto ou todo mundo pode ouvi-lo dedicar mas se você gosta de fazer essa diferença não à noite eu quero que o pequeno entre você tem que parar e equilibrar permitir que ambos com vivo sem a sua interferência sem a sua mediação pessoal e subterminais que eu faço eu tive um filho adotivo e eu tenho cachorro chegou outro gatinho e um da usina antônio deixa ele pra quanto mais cedo ele se equilibrar e melhor se forem o filho um adulto o filhote é muito difícil é muito anti natural o mais velho nós com filhote é completamente anti natural que ele sabe que o filho então quanto e o mais velho e educa o mais novo de boas maneiras ensina ó mandaqui isso é o furacão chegou a hora antiguidade é posto né então quanto mais cedo se permite que ele se harmonizem melhor essa história de ficar energy ano a situação se pode fazer o resto da vida então as situações que você não tá aí o problema acontece então mesmo que você que eventualmente levar o hoodie pequeno porte para dormir dentro de casa quem é e deixar os dois conviveram parte durante o dia das coisas e deixou dois se entendem que fosse um casal gay os dois criaram vínculos veículo cachorro briga no cachorro cachorro disputa do gaúcho não sei se isso implicar a não ser que seja um canto de combate mas é em disputa a prisão faz parte dessa coisa ambos o programa cuja imagem iguais social faz parte chega para fernandão filho é como uma discussão que acontece é isso que ocorre é pra que haja kaká que a harmonia seja estabelecida é outra coisa o cão de fora do pátio quebra a segurança da casa eu aconselho pelo menos a a algumas vezes levar de casa fazer conhecer todos os cômodos da casa e eventualmente até pro mundo olha org - ficar no posto específico tentar uma caminha tapetinho um paninho e poder entrar dentro da casa o cão do pai porque o que já ocorreu às situações e eu lembro mais uma vez onde numa sessão que precisou do campo numa situação onde alguém entrou pela janela o bando a casa o cão do parque o segurança estava enlouquecido feira ó mas não rompeu o limite da porta não entrou não conseguiu entrar porque não conhecia aquela possibilidade ele nunca tinha entrado dentro da casa o campus segurança então na hora mesmo foi com ferozes babando na folha a porta aberta e não entrou de carro deixou um bloqueio mental e o condicionamento tempo ela só aquele limite não permitiu que queria trás ele atuasse como como segurança então é importante é permitir que seu animal hebe conheça participe entendeu pela casa deles não é estou falando o animal conhecer o ambiente interna e eventualmente conviver né com você é com seu outro cão é importante deixar os animais se quebrar e se harmonizar essa situação em dois pesos duas medidas é um risco muito grande está trabalhando com cristo muito grande o campus de dentro se acha se acha o todo poderoso ele ficar fora ainda não foi lá e ele mandou do campo ele é ser lá dentro protegido e quando o empate protegido para o douro azul do ano pede que pergunte geral uma pega no colo entretanto nunca e nunca enfrentou a realidade sobre se acha aí eu digo está sozinho lado o cachorro de grande porte no pátio ele vai querer dar uma de bonzão lá espero literalmente e tem atividades que você pode fazer pra ajudar esse querido na hora de alimentar 12 no pátio o processo é o mesmo prato mas há limite junto a cada um o seu prático ela tranquilo o jogo de bola e enrico os cães interagir com os dois parceiros sair passear na rua da guia os seus cães de carro vale um lugar num sítio uma praia deserta soltar os seus cães correr com ele entendeu o ct é grupo você tem que promover o convívio do grupo ou porque aí tá tudo harmonizado desconhece a tudo resolvido aí você como o controlador medida do governo você dorme aqui você dorme lá tranquilo mulheres se submetem aceita mas tenho corrido tem uma interação e durante o dia quatro cachorros dentro de casa pra rua vai publicar manter-nos o veículo vai ser cachorro ela achou você tem que promover está bom então essa é a dica de hoje os pequenos da bioenergia estiver a próxima uma praça todos.

Deixe seu comentário

compra verificada
Shares