Uma entrevista com o professor e comportamentalista canino Jairo Teixeira
Uma entrevista com o professor e comportamentalista canino Jairo Teixeira
Uma entrevista com o professor e comportamentalista canino Jairo Teixeira
Novidades

Uma entrevista com o professor e comportamentalista canino Jairo Teixeira

Jairo Teixeira
produzido por
Jairo Teixeira

Nessa entrevista bastante informal, Jairo Teixeira conta um pouco da sua história, trajetória e experiência de mais de 40 anos de envolvimento com cães. Ao final dá uma importante dica para quem quer ter uma relação de sucesso com seu cão.

Legenda do vídeo gerada automaticamente:

Estou aqui com o adestrador especialista em comportamento canino jairo teixeira o criador do site ban do brasil já quando começou seu interesse por cães se qual é foi sua experiência na área de adensamento e comportamento canino bom eu comecei a interessar tocantins garotinho né porque 10 anos de idade em porto alegre morando em apartamento na época não tinha assim acima da quantidade de raças que tem contra a gente na rua então é eu saí tão mais fugir da seresta tamanho do pai pra ver cães nos pactos pastor alemão um dólar um boxer é maior de idade do animal de raça para inspirado pela televisão é pelo rio tinto pela messe o amava aquela coisa do tipo protegendo é o garoto na atacando índio ou indireta aquilo me atendo do ac milan foi minha e se gosto pelo campo de defesa acho que me apaixonou é essa é a questão da defesa pessoal né é feliciano pessoal usando cão como é que o sistema de defesa pessoal eu gosto que as pessoas o professor de jiu jitsu com a sua defesa pessoal pode atrair 1 então foi assim foi com o garoto interessando com os cachorros do vizinho deixando com um cachorro fulano beltrano a literatura um utilitário o livro que tinha na biblioteca da escola o hotel guia do cão é nossa casa antiga onde o projeto está em 39º edição e na minha rua umas casas acima morava o rapaz então tipo flores queria até hoje box de randal em porto alegre ganhará caiu fortaleza eu acredito que até hoje cria tinto fechou a gente repassava os boxes na rua de estado assim ele apaixonado o chico reniê perninha cortar tinha na época em que era comum e aquilo me apaixonava foi não foi conforme foi amadurecendo depois com a fala inglês fala mesmo eu fui atrás de material de informação que falta que não tinha acesso à informação e bom não posso deixar de mencionar no brasil uma grande inspiração de maciel o livro a diferença em castigo brutal pra mim utao é é o divisor de águas a questão do planejamento do brasil e é que infelizmente nosso país as coisas aqui daqui não são valorizados brasil não valoriza o que tem de bom que eu acredito que o o brutal não recebeu o a consideração o valor que ele merece de ver o conca é que entramos para fariam um livro dentro do tempo mexeu na cabeça depois pensarem que é louco com quem quiser falando mexer no brasil só pôde tudo aqui dentro eu fui atrás com ensino que somente vai ter sua escola no rio de janeiro então é paulinha foi o caminhante divisor de água e como falei anteriormente com a possibilidade de nem elementos foi atrás de especialistas e é nessa área do do comportamento mas saíram vp2 água escorre portalegre colocar o nosso garantia sócio acabam kazan escola por dez anos na verdade a maior parte do tempo trabalhando com cães de pequeno porte como esse apartamento cidade grande muito cachorro grande do sul porto alegre é também muito com cães de pequeno porte pelo mesmo problema de comportamento qual que que faz xixi fora do lugar no apartamento em stockwell jet lag separar a agrediu da onu trabalhei muito com essa área e chegar às quartas feiras é o teatro um grupo de cante trabalho de defesa pessoal quarta feira 9 à noite é na hora de exportar óleo que botar uma roupa era figurante cobaia é porque não sabe como agir durante aquele que faz o papel de bandido é uma roupa toda a casa nua e o cachorro atacou neto que é ali que eu me diverti netão verão de porto alegre e eu destino àquele curvas roupa era um pouco pesada é pior nas roupas modernas a roupa de cor pesadas uhp g2 tyloo o regular e fazia agitação 10 15 cães pois embora por motivos pessoais na relação à acabei fechando escola em 2012 mudei de está a sair da cidade hoje moram no sítio e aí me afastei um tempo do cachorro cansei na internet como o trabalho é muito repetitivo o trabalho que está solucionando os problemas de comportamento não era o que eu gostava cansei pouco a lei ainda não posso sair agora do que o sítio que voltando com os cães se renovou o interesse é com amor para os cães e aí pegou a idéia é boa 9 além de tentar nos anos 60 pelo veterinário americano chamado john quem for ele já na época percebi a decadência das raças a marca na época é e ele começou uma idéia é resgatar os cães atividade cães ladram século 14 15 dizem que o termo banda dog vende banda naquela hora era meu saxónica doente é o de baa1 dog o campanheiro seria o campo fica preso é de dia e solto à noite é um cão de guarda um bicho aqui só protegeu o território e ele tentando recepcionar com as raças existentes através da terra cruzou e bulls de linhares de trabalho com uma haste primeiro artigo em inglês e depois voltou da china foi tam eo gelo animais fantásticos a máquina de guerra porque pegou assim um espírito de gladiador resistência à dor mello esteve combate do pitbull games do pitbull com o lado da guardium uma china por tam e uma tigresa selecionou os melhores exemplos que tem pode encontrar e produzir óleo para as maravilhas só que por conseguinte 71 para essa idéia falecer ela porém viu está trabalho de outras pessoas adotaram a idéia e hoje em dia tem várias pessoas no mundo que abraçar este concelho porque na minha opinião o bandoneon é racismo pergunta se ela hoje hoje em dia eu rejeito esse conceito raça a raça pura é padrão zinho também mandou eu aconselho a coisa que tem que estar constantemente sendo checado com 120 incêndios sendo melhorar com o objetivo de produzir o irmão de trabalho neste caso o cão da defesa da propriedade a família defesa pessoal chave de toda a experiência que se teve qual seria a dica mais importante poderia dar para uma uma boa relação entre cão de dono olha eu eu acho que que a maior grande obstáculo o que impede as pessoas de travarem um relacionamento correto de entender em primeiro lugar pelo cão é a organização essa história de acabar o meu filho sabe essa frase de efeito que tudo que muitas pessoas usam o que eu digo é uma frase mentirosa que o cão ou melhor nem do homem como se faz no tirol e não podia cachorro é rica no último é legal ter cachorro quer dizer que o cachorro não entende o conceito amizade ele é um bicho então quem o baile isa castilha show manias eu acho que eu terminava sua pregação de igual para igual obviamente o maior fundo não vai conseguir ser vencido eu sou ana luiza têm uma expectativa que a obediência né de gratidão ao tentar conquistar obediência do carro através de carinho e favorecimento não funciona dessa forma no mundo é da camil é iraque é que está por cima humana ea pessoa até mesmo como corresponde a pessoa se decepciona castilho quem humaniza castiga entre quantas pessoas humanizar os caras não tentarem de seu nível de compreensão do campo pretender que tenho é como um estado mental e emocional do cachorro como é que ele pensa por que faz isso é por bia em bragança hoje não pretendendo o que eu tô querendo o que eu tô falando principalmente vai falar né que dentro desse processo de humanização é é o fato das pessoas usar a linguagem falada pessoas falam mas eu comecei a entender se á mas eu tenho lá que eu falo e nem paulo é óbvio que chega um ponto que o animal que entende comandos mas gostava nível europeu a fazer um uma brincadeira um cachorro na escola pra cachorro que é o dia e ele estava porque a palavra tenta é muito parecido com a palavra sempre tão obviamente que o cachorro vêem a associar situações neocom sons seus sócios e nos comandos sem a caneta fica obviamente eu entendo seu uso mas o cachorro vai entender significa os significados em si não diria ficar à vontade e e se sentar partir do princípio que eu vou trabalhar o relacionamento usando a linguagem falada é um equívoco o cachorro vai depender muito mais pelo crédito fácil e energia para te tudo o que tu fala a linguagem falada cachorro é barulho de e aí os comandos do centro de física ficou perdido aquela maçaroca de palavras então a humanização causa pelo isso na minha opinião a humanização causa fecha a porta da comunicação então acho que as pessoas deveriam buscar realmente conhece quem é o cachorro para a capacidade de comer penso como ele age como ele poderia reagir como ele tem interesse como é que um cachorro vive na sociedade de como ela interage com os semelhantes entanto a entender a linguagem karina como eles comigo e aí desse nível do show que ele não vai subir nosso mesmo esperar isso eu acho uma falta de respeito acho que exigiam que ele não vai eu vou ficar frustrado e cachorro também dois graus já teixeira esse é apenas o primeiro vídeo de outra seqüência de vídeos nós vamos fazer com o administrador especialista em comportamento canino jackisch então é é uma exposição é o prazer poder ajudar e volto a falar de cachorro gosto do cachorro e se eu puder ajudar alguém a média nacional santos o cão melhor pai eo filho na nossa terra mas o dono feliz na face da terra o próximo.

Deixe seu comentário

Postagens relacionadas
Bandog Brasil - Adestramento de Cães | Aprenda como Adestrar seu cão
O que é Bandog Brasil? - Novidades
Novidades
O que é Bandog Brasil?

Aqui no Bandog Brasil você vai aprender com o Jairo Teixeira sobre adestramento, cães de guarda, bandogs e curiosidades do mundo dos cães.

Curso de Adestramento de Cães Online com Jairo Teixeira
compra verificada
Shares