Curso Grátis: Adestramento de cães e comportamento canino
Curso Grátis: Adestramento de cães e comportamento canino

progresso no curso:

0%

A minha opinião sobre o adestramento “POSITIVO”

Existe uma nova "modinha" no adestramento de cães que propõe um adestramento totalmente "positivo". Isso significa, segundo os defensores dessa teoria, um adestramento que não usa estímulos negativos, não usa enforcadores, onde não se pode contrariar o cão para evitar estressar o animal. O trabalho deve ser feito a base de  petiscos, subornando o cão e de preferência usando uma peiteira.
Obviamente, qualquer pessoa que já trabalhou de forma séria com cães, com experiência na área, sabe que isso é um conto de fadas, uma falácia que faz  parte da agenda do "politicamente correto".
Os cães são animais altamente capazes, competitivos, cuja convivência em grupo depende de disputas constantes e hierarquia rígida. Uma realidade completamente diferente das fantasias antropomórficas de Walt Disney.

Legenda do vídeo gerada automaticamente:

Eu estava lendo alguns artigos na internet assistindo alguns vídeos sobre esse tal de adestramento positivo essa linha moderna ea moda né nova onda de pensamento positivo as pessoas só trabalho com petisco é o zoom peiteira você não pode usar no pescoço do cachorro puxar o cachorro hoje o cachorro puxando no pescoço um enforcador de elos maus tratos isso é considerado maus tratos segundo essa linha é essa escola e do adestramento positivo e você pode causar sérios danos para o animal físicos e danos psicológicos irreversíveis essa linha de raciocínio que você não pode contrariar o animal se você contrariar o cachorro se você conta o que o cachorro que é isso estressa animal você vai se estressar o animal então eu quero falar um pouco sobre isso sobre o stress na vida do cachorro como prejudicial é mais vai ser depois da vinha e aí pessoal beleza jairo teixeira a área mais uma vez vamos falar de cachorro bom antes de falar de cachorro fala de gente que eu estava vendo uma entrevista com um psicólogo psiquiatra falando como essa geração moderna e os pré adolescentes adolescentes jovens estão completamente fracos emocionalmente despreparados são inteligentes mas emocionalmente são incapazes de suportar adversidades coisas que a vida nos propõe nos oferece no dia a dia porque a vida a vida me diz não todos os dias então essa juventude que foi criada dentro daquela linha que não não pode não para crianças se você disser não para criança você vai estar minando a auto confiança dela e inibindo a criança então essa esses jovens hoje hoje são jovens e adultos que foram criados nessa linha tem sérios problemas de enfrentar o estresse porque foram poupados por pelos seus pais ao ponto ele cita o exemplo do jovem que foi consultar com ele que estava pensando em suicídio porque a namorada brigou com ele imagina levou um fora da namorada quem nunca levou um fora da namorada levou um fora da namorada que não queria se matar imagina porque porque foi poupado essas pessoas foram poupados dedos do stress que a gradual que é necessário que ocorre quando se educa uma criança eu peguei mané tinha 31 anos agora ela estava botando algo na boca o chinelo na boca falei não tirei o chinelo um chinelo na boca ela chorou faz parte baixar o chinelo não vai botar na boca faz parte então receber ou não nessa é é proibido de se portar dessa ou daquela forma quando criança isso vai preparando o jovem e depois o prédio para 27 o jovem ou adulto em está mais preparado para enfrentar vida para lidar com situações que são desagradáveis mas que ele vai ter que ter que aceitar nem tudo dá pra contornar então este psiquiatra falando sobre isso sobre a necessidade de dodô voltasse a uma educação antiga onde os filhos não são poupadas desse tipo de stress que é necessário para o desenvolvimento psicológico saudável de um ser humano agora imagina só se não funciona essa metodologia de não dizer não pra criança não deixa a criança e se a criança agir não podemos coibir se não funciona com criança uma criança pode sentar e conversar com ela imagina com o cachorro imagina como animal então essa proposta de adestramento positivo onde tu não contraria o cachorro só grado cachorro tenta subornar o cachorro ao comportamento usando um petisco que é algo muito limitado tá vendo um adestrador usando uma peiteira e petit tipo tentando adentrar um cachorro na rua e ele avançava carros que passavam motos obviamente obviamente que existem muitos vários estímulos muito mais importante competição que está dando a não ser que o cachorro esteja morrendo de fome de 15 dias sem comer vai chegar um ponto que outros estilos como como um gato correndo um outro cachorro uma criança de bicicleta uma moto passando a ser um estímulo muito maior que o petista que ele tem então eu estava ali fazendo aquele trabalho dele e de petisco ter petismo e começou e terminou e na estaca zero mas o pior é o pior quando o cachorro late avançava numa motocicleta ele chamava o cachorro mandava centavos a um petisco no meu entender está premiando o cachorro avançou na moto por um cachorro passar uma outra avança ele chama o cachorro manda sentar um petisco é não sei no meu entender ele está premiando o cachorro pelo ato de ter avançado na moto é preciso entender que está a diversidade faz parte da nossa vida e da vida dos animais do mundo natural ou os primeiros estímulos negativos que um cachorrinho recebe vem da própria mãe a mãe corrigir o cachorro logo nas primeiras semanas de vida isso ocorre várias vezes porque tirei muitas ligadas ocorre quando ele começa o animalzinho começa a se interessar por comida sólida aí você serve o alimento para a cadela um cachorro que os cãezinhos que atingiu o pé dela rosa ele disse que ela vá rodar pegada pega na nuca depois é ea educação da mãe é muito importante é necessária por isso você tem que deixar o cachorrinho alinhada com a mãe porque ela ensina as primeiras regras sociais as primeiras regras de como funciona a sociedade sociedade canina ela está ensinando depois ele vai enfrentar isso ele vai receber estímulos negativos do dos irmãos eles se pegam na hora que eu já mostrei isso em vídeo mostrando falando mostrando o comportamento de dominância onde por uma vasilha e 1 dominou e comeu e correu os outros todos a correr porque os cães que por natureza são egoístas os cães são egoístas por natureza é tipo eu primeiro eu vejo aqui eu gosto da ossos por meus cães então tenho um amigo que carney a boa e ele me dá ossos bem nossos bons mesmo em cargos e eu jogam vários vários praxar pra não dar muita disputa vários ossos de três por um só que tem um lacre e aqui é tudo é todos nós pra ele ele batizou ele quer todos nós pra ele porque esse é o mecanismo que deus inventou deus criou isso porque no estado selvagem um animal que é o dominante como que é o que eu mais capaz do que se impõe ele come melhor ele tem prioridade sobre as fêmeas conseqüentemente ele a casar lá e perpetua essas características ele espalha o o jeito dele e lhe dá continuidade à genética dele então é muito importante essa disputa dentro de um grupo de animais de grupo funciona dessa forma o serviço em cavalo em zebras então é muito importante isso eu não sei mas é me parece que essas pessoas que defendem essa ideia ela nunca trabalharam com cães nunca viro cães em grupo cães interagiram nunca viram uma ninhada se desenvolvendo o carro não assistiu o nascimento dos filhotes na primeira semana segurança na terceira semana até o desmame até o momento onde você entrega os filhotes eu fico muito tempo com meus filhotes eu não goste porque eu gosto de observar de escolher os que os animais com com os quais eu vou ficar eu fico muito tempo dois três quatro meses cinco meses claro ou diminuindo ou excluindo mas vou ficando é o o os cinco melhores os quatro melhores os três melhores então eu acompanho isso acompanha todo esse desenvolvimento social né esse aprendizado do grupo essas interações então eu acho que essa geração aí elas cresceram o conhecimento que eles têm é é do beethoven as pessoas assistindo beethoven band porque o baby sabe só pode não pode estar sérios não pode estar falando do mesmo animal que eu conheço com os quais eu trabalhei de trabalho ainda não não pode estar falando de cães e quando eu falo de corrigir o cachorro não é bater no animal não precisa será que existe algo além entre o não contrariar o cachorro só dá petisco usará peiteira não colocar nada no pescoço não você não pode usar guia você vai maltratar o cachorro traumatizar ele será que só existe esse extremo e da paulada no cachorro bater com uma vassoura na cabeça dele só exige isso e isso só existe 18 80 não existe um 4544 meio termo não existe uma coisa chamada bom senso eu gosto eu corri com a guia eu gosto da guia hagah guia para mim é fundamental enforcador e ag dag ocorria quando eu me protejo que eu queria ver essas pessoas trabalhando um cão agressivo como é que você corrige um cão agressivo com petisco e agrediu um cachorro você dá um petisco ele te agride você dá um petisco quantas vezes quantas vezes eu tive que me proteger com a guia a mão direita na guia a outra levantando o cachorro e impedindo com o braço esticado impedir impedindo que o animal tivesse um pedaço a pedaço da minha perna e lembro que eu tinha um pedaço da minha camisa da camisa de flanela azul tão querida tirou um pedaço eu fiquei bravo de deixar votou em mim é um pedaço da minha camisa eu tinha que me proteger casos mais sérios como agora eu estou com um do argentino adulto o meu filho ganhou do argentino por causa da agressividade do animal interessante o animal interessante para usar no meu programa ele pegou chinês de ficar com o cachorro lá em porto alegre só que o cachorro caiu começou a ouvir vallat wiwa ea escola dele e não comporta hospedagem porque é uma zona residencial os vizinhos começaram a reclamar obviamente ele me ligou desesperado tem que tirar esse cachorro aqui agora e pegou numa sexta feira saiu de um sábado depois de terminar ao meio-dia num sábado à uma da tarde pegou o cachorro chegou aqui de noite de noite eram 10 meia noite estava no escuro lá no sítio de lanterna colocando o cachorro local já tinha preparado tá lá o cachorro já estão tão docinho é um docinho eu não bati no cachorro eu não gritei com ele eu não falei com ele eu não falo com ele aí também o poder à força já fora da estação estréia obviamente está longe do ambiente conhecido para o ambiente em que estavam um local completamente desconhecido para ele com estranhos não não dá a mínima para a mínima pra ele está com uma pessoa que não olha na cara dele me limitei a limpar botar a trocar a água e alimentar e sem papo nenhum já está assim há com rabinho já que a conversa comigo a conversa que assunto porque a privação do contato e no gelo é muito importante é muito importante a moleste o cachorro já está com o rabinho assim pra mim mas não está no ponto ainda eu sei que não está no ponto porque o deco é que agora vai crescer de novo ele vai a upa vai ter o conflito aí vou ter que usar a força desse tamanho se eu deixar de me agredir me matar eu sozinho no vídeo ele me mata não encontrar só a ossada de jorge teixeira lá né vai matar o o mata-cachorro então o que eu estou fazendo eu estou cozinhando em fogo brando estou deixando ele amolecer sozinho esse aumento agora envolve três obviamente envolve stress mas não precisa bater com o paulo e pretendo bater comprar um cachorro não é isso não é isso não é brutalidade na força bruta mas é força é claro que é forte inteligente e eu não consigo imaginar como trabalhar sem um centro formador sem uma guia não consigo imaginar como como eu faço esse animal que a primeira coisa que vou fazer o próximo passo com ele é dar um longo passeio com ele a hora que ele conste que ele cedeu mesmo vou dar um longo passeio na volta ele vai estar no meu amigão tipo assim política é muito legal o pessoal é muito importante entender o seguinte a mente do que foi muito simples ele só conhece o seguinte macho ou fêmea adulto o filhote liberou liberado quando dois cães se encontram depois de ver o filme verifica o outro e se cheiram tá é macho e fêmea adulta elliott a próxima pergunta é quem vai mandar os dois agora quem vai conduzir quem vai dar as cartas e não fui eu que inventei isso eu não criei essa regra não fiz o cachorro reclamações a gerência então eo que mais me chama atenção o maior absurdo é que essas pessoas que defendem essa idéia de não encontrar o cachorro não submeter o animal stress são as que mais estressam o cachorro estressam o cachorro e eu explico tenta entender se o mundo do cachorro significa isso macho fêmea adulta o filhote vidro liberado alguém vai liderar a posição de líbero essa é uma posição desconfortável e vou dar um exemplo eu vou viajar vou sair de férias com minha família no meu carro um amigo com a família dele um outro carro estamos dirigindo na estrada se eu vou na frente teutônia no gps eu estou controlando a velocidade as placas os radares a sinalização eu estou a gente não conhece o local está seguindo o gps o mapa eu tô me orientando o meu amigo que está no carro de trás e relaxado e está a tomar chimarrão conversando com a esposa tudo o que tem que fazer prestar atenção na estrada e e não está preocupado com o radar não está preocupado com a sinalização e não está preocupado com a direção porque ele está me seguindo ele está relaxado eu estou tenso a pressão da liderança está sobre os ombros o momento que o que essas pessoas se recusam a assumir a liderança e o cachorro só conhece duas posições liderou liberado se essa pessoa não assume a posição de liderança automaticamente ela tá e pele do cachorro está obrigando o cachorro assumir essa responsabilidade então ela joga sobre os ombros do animal a responsabilidade de liderar só que isso em praticável isso não não vai acontecer porque se o cachorro foram lidos na minha casa ele vai definir onde aquele urina ele vai definir se ele pode subir em cima da mesa e pegava o meu alimento ele que vai definir se ele vai me levar para passear na rua então as pessoas mentem para o cachorro porque o status dele oscila horas ele ela permite que o cachorro lidere horas ela obriga porque a mentira esse dia de fechamento positivo a não uso o formador beleza uma piteira então você pra peiteira de vê-lo dinho seu cachorro com lantejoulas ele irá abordar dinho tá e sair com ele na rua se você segurar o seu cachorro você está contrariando ele esse estigma negativo isso é estresse você está impedindo o cachorro dp onde ele quer você está cerceando a liberdade de ir e vir do cachorro a não gera mais o meu sair com ele na rua eu sigo ele e liam the one dele para eu paro beleza mas quando chega a hora de voltar para o apartamento se pergunta pra ele e aí bola e vamos voltar tá na hora você simplesmente impõe pega o show leva pra casa que você tem que tomar banho tem como meta que trabalhar tem que dormir então o papo furado não existe se você colocar uma piteira seu cachorro que está sendo eles o estímulo negativo entendi que bobagem que é isso se você detém a comida de cachorro se ela fica num num saco guardado em um saco de ração guardada o selo se for alimentação natural e você dá na hora que você quer você tá ser-se ano você está tirando a capacidade do animal de escolher quando ele quer com que a alimentar esse estigma negativo que só mentira essa história conto de fadas é história pra boi dormir então se você quer seu cachorro tranquilo dizer e sado a sua posição de liderança limites tranquilizam o animal mostra limites não precisa bater o seu cachorro consegue gritar você nem falar mas não acredito nessa historinha de difícil cumprir de fadas de adestramento positivo de ganhar um petisco de subornar o seu cachorro para o resto da vida e este adestrador que o que houve no youtube ele fala que até hoje em determinado momento ele leva um brinquedo um petisco para usar com seus cães em determinadas situações tocará prisioneiro e não construir uma relação com o cachorro e ele tem que estar constantemente continuamente subornando um cachorro com petisco por que o cachorro não respeita não têm vínculo não têm vínculo hierárquico então meu conselho para você fuja dessa linha de pensamento fujam fujam do mundo maravilhoso the wall disney venha para o mundo animal bem vindo à selva bem-vindo à realidade mergulho no mundo dos cães entenda que é o cão tá bom os cães são fortes eu aposto minhas fichas tipo larga no mato você e seu cachorro eu aposto minhas fichas no cachorro ele vai sobreviver você vai perecer os cães são fortes eles são capazes você talvez seja fraco você talvez possa num não saber lidar com não colocou o argumento contrário vai desmanchar vai chorar mas ofender o cachorro é forte o cachorro é capaz eu aprendi muito com os cães prende ser sincero com os cães que aprende se resistente resiliente perseverante com os cães especialmente os buldogues tá bom hoje era só um abraço a todos e até a próxima.

Deixe seu comentário

Explorar cursos
Jairo Teixeira - Especialista em Adestramento de Cães e Comportamento

Seu professor de adestramento canino

Olá! Eu sou o Jairo Teixeira e passei a maior parte da minha vida observando e estudando o comportamento dos cães, em um ambiente repleto de mitos, lendas e com pouca informação verdadeira. Após décadas trabalhando milhares de cães das mais diversas raças, consegui compreender qual é o seu verdadeiro "status" mental e emocional. Agora a minha missão é compartilhar todo o meu conhecimento de adestramento de cães e comportamento canino, e ensinar você a desenvolver um relacionamento harmônico com o seu cachorro.

Quero conhecer melhor...
Curso de Adestramento de Cães Online com Jairo Teixeira
compra verificada
Shares