Curso Grátis: Adestramento de cães e comportamento canino
Curso Grátis: Adestramento de cães e comportamento canino

progresso no curso:

0%

Cães e fogos de artifício

Com a chegada das festas de fim de ano muitos proprietários de cães ficam aflitos antecipando as comemorações com fogos de artifício. Isso porque os cães em geral sofrem com os estampidos sendo que alguns entram em completo estado de pânico.
Nos casos mais graves os cães podem se machucar seriamente e até morrer em decorrência do medo descontrolado.
Procuro nesse vídeo dar algumas dicas para amenizar a situação e o sofrimento desses animais.

Legenda do vídeo gerada automaticamente:

Chega o final do ano e com o final do ano chegam às festas natal ano novo e os fogos de artifício para aquelas pessoas que têm cães com medo de fogos na época desagradável nem as pessoas já começam a ficar ficar tensos antecipadamente porque cães que têm medo eles então um pânico tem casos sérios ou mostra chega a se machucar ou até morrer então eu quero dar algumas dicas do que pode ser feito nessa época neste momento para tentar amenizar a situação e também outras dicas do que pode ser feito para no sentido de prevenir trabalhando com filhotes ou até fazer um trabalho de sensibilização cães que já tem medo de estampido que eu posso fazer pra amenizar diminuir ou até eliminar este problema mas vai ser depois da linha e aí pessoal beleza já teixeira na área e mais uma vez vamos falar de cachorro então em relação ao fogos de artifício é alguns casos podem ser bem sério eu eu conheci houve relatos e vi casos bem sérios onde cães se machucaram e até morreram por causa de fogos de artifício eu lembro um caso num fila brasileiro ele o dono tinha um pequeno prédio era proprietário de um pequeno prédio de 34 andares e ele morava no na cobertura e esse animal tinha muito medo de fogos e o dono viajou para o rio de janeiro é época para passar o réveillon no rio de janeiro o cachorro ficou sozinho e o animal pulou do prédio o animal entrou em pânico e por outro o terceiro quatro navios obviamente morreu casos de cães que atravessam portas de vidro cachorro quebra uma porta de vidro de uma janela na janela baixa e pula atravessa um vidro se corta todo e é por causa do pânico o animal ele ele perde a bola o lelê e e entre pânico o pânico é importante entender isso é caso de agressão porque o cachorro que está em pânico ele entra pra dentro de casa ele vai para baixo de uma cama debaixo de um sofá as pessoas têm pela tirar o cachorro cachorra agride o pânico e apavorar ele é perito tentando se proteger então não tente tirar o animal do local que ele se escondeu é a chance para o imol buscar um local onde ele vai se sentir melhor onde vai amenizar o pânico dele onde ele vai se sentir mais seguro a outra coisa pessoas que botaram na corrente porque tem casos de cães que foge muito comum cães fugir o animal era esperada e sai por importar por mim saio shaw as pessoas perdem nessa época muitos cães são perdidos porque saem sem room apavorados e não consegue depois voltar para casa e as pessoas a amar kanjinjin corrente e agora o cachorro é corrente eo animal ou se mata chamar mágoa do irmão se enrola ele se aperta e não na china a a soltar a voltar me aperta não consegue se soltar ou pula o muro ou pula grande do caiu e fica pendurado se foca é por uma escada então o cachorro ta com medo de fogos colocarem na corrente como solução é muito perigoso então o que pode ser feito que eu posso fazer pra amenizar para ajudar o meu cachorro que já têm medo tem pânico de forma a primeira fique com seu campo podendo fique com seu campus esteja no mesmo ambiente que o seu você pode colocar uma música né fecha tudo tentando abafar o som exterior da casa ligo o ar condicionado né ainda abafar o som exterior coloca uma música e um cachorro ele vai olhar para o douro vai buscar no douro segurança se o dono está com medo dos fótons ou se o dono está com medo da reação do cachorro já está se antecipando ai meu deus hoje à noite vai ter fotos aí achou tem medo sabe o cachorro se sentir então o ideal é que eu como dono eu passo tranquilidade como lógica toada o meu cachorro postali no livro tocando violão eu posso brincar tenta brincar com o meu cachorro se ele gosta de uma bolinha fazer algum exercício um petisco se eu tenho uma caixa de transporte onde não está acostumado uma caixa de transportes deixando deixa disponível a caixa pode entrar a taxa para se refugiar em uma toquinha se ele quiser ficar do meu lado não tem problema não é necessário ficar tipo o coitadinho porque vou estar reforçando aquilo eu voltaria justificando as atitudes do cachorro dizendo coitadinho fomos tão mal é horrível te entendo não é o que o ideal seria agir de forma fogos que forma eu tô vendo nada nem tanto se você tirou atitude tranquila normal é normal foco é nada demais só fogos isso vai ajudar é passar uma idéia de neutralidade do cachorro então reproduzir a uma rotina nessa você alimenta o cachorro à noite vai lá alimenta o cachorro é como eu falei falei num vídeo que eu eu ia lavar carnes 10 para a meia-noite reproduzido rotina dodô caiu quer dizer eu estava lavando o caiu nada mudou isso ajudava a aaa passava tranquilidade para os animais mostrado aqui tá tudo certo mais um dia não tem nada nada diferente então é importante ter essa postura uma postura de tranquilidade nada demais porque você quer minimizar o problema sério que maximiza então ficar vou ficar com medo das atitudes do cachorro tentar a proteger o cachorro não ajuda não ajuda josué gol contra outra coisa neste momento não é a hora para trabalhar o cachorro não é hora para trabalhar para fazer um processo de sensibilização agora já era eu tô aqui na situação de fome estão estão aí está acontecendo ou prestes a acontecer então o que eu posso fazer isso oferece um ambiente tranquilo está tranqüilo reproduzir uma rotina brincar com o meu cachorro colocava música suave brigar 11 11 o arroz acondicionado na tentativa de abafar o máximo possível o ruído este ano permitir que o animal escolha um local para se esconder em um ambiente com açúcar na mensal você fechar porque tem kant começam a enfiarem paciente e correr pela casa fecha as portas fica no ambiente só animal chega perto quiser ficar do meu lado encostar em mim ignora o cachorro fica tranqüilo para quem quiser não é o momento pra resolver o problema agora é tarde demais vamos passar este momento agora é bom depois das festas acabaram os fogos de artifício o que eu posso fazer um cão que já têm problemas que já têm medo é um campo é o trabalho de casa é um trabalho delicado pode ser feito e pode ser feito com muito sucesso inclusive eu estava lendo um artigo sobre cães de caça pessoas que caço com cães né usando armas e cães que têm medo do itaperu ficou imprestável para a atividade na casa então tá vendo um artigo no artigo do de uma pessoa muito experiente e ele colocava ele pegou o caso do cachorro colocar show com outros cães que já são acostumados com estamparia e na hora da alimentação e colocava os pratos e alguém ou auxiliares para lá todos quais continuavam comendo e aquele cão fugir e se esconder dentro da casinha no caminho é caiu em uma área com o caso nem se ele se escondia na casa ele tirar pra deixar o animal com forro no outro dia na próxima refeição a mesma coisa a mesma coisa depois do que o cachorro perdeu algumas refeições à fome falou mais alto motivado pela fome o cachorro observou que os outros cães como mil que os outros cães ignoravam hoje estão um estampido ele começou como é por isso que é importante a minha postura o cachorro ele vai buscar orientação como é que os outros estão se comportando como é que os outros cães estoques com importante como é o meu dono está se comportando então ele foi movido pela fome e aí observou que os outros animais comigo não dá nem bola ele resolveu comenta por isso é importante buscar orientação que eu tenho uma dica se você tem cães que não tem medo de fogos você tem amigos por uma pessoa ou um grupo de pessoas que têm cães e que não tem medo de fotos inserir seu cão neste grupo é bom naquele momento porque ele vai buscar orientação ele vai observar como é que os outros se comportam os outros se comporta normalmente ele tende a imitar aquele comportamento então achei muito interessante a dica que essa pessoa passou você pode usar uma gravação uma gravação com um sol de estampidos de fogos de trovoada que normalmente o cão que tem medo de de fogos de artifício também tem medo de trovões né nas tempestades você pode fazer uma gravação mas pô já vem outro dia eu recomendei a uma pessoa ele foi lá ligou a gravação a todo volume ele diz não adiantou de nada bom número que não é mágico é um trabalho de sensibilização é um processo difícil para levantar todo volume você coloca a gravação baixinha deixa tocando baixinha por nós se acostumando ele vai vai perdendo preparando de reagir à há aqueles sons aí você vai aumentando com o tempo você vai aumentando aos poucos e de sensibilização senhora não tem medo de algo ser tudo na direção daquilo que você vai apresentando a situação de forma gradual por isso que é de sensibilização ele vai perdendo a sensibilidade você vai expondo animal aquela situação de forma repetida daí gradual tem que respeitar a dificuldade do animal se você tem eu vi o trabalho sobre sobre a fuga bia de uma psicóloga na verdade eu dei uma palestra né a estudante de psicologia na puc e dividir o tempo com uma psicóloga então falamos sobre cães ela falando sobre a pessoa pode colocar aí faz um comparativo era feito um comparativo e ela falou do trabalho que ela que ela fazia com pessoas ela trabalha com a pessoa que tinha medo de levar dois num sério o cara passou em um concurso e ganhar um salário muito bom só que tem que trabalhar no 13º andar e o cara não falando eu vou abrir mão do salário que eu não vou entrar no elevador e não vai subir até três andares todo dia e ela fez esse trabalho chegando próximo do evandro chegou uma pessoa assim começa a andar e aí como é que está sentindo também estão receosos então fica aqui um pouquinho chega chega com bora bora podia chegar um pouco mais próximo até chegar à porta do elevador aí abri a porta do elevador quando a pessoa já não tá bom chega elas e dia voltar até quando entrarem até poder fechar portas levando então é um trabalho gradual e na geral um ser humano um ser humano que é capaz de entender que eu posso explicar eu posso conversar mas ele é um animal então tem que entender é um processo então você pode usar esses artifícios na hora da alimentação pelos estampidos insuficiente gradual a nova do foguete tinha um foguete é branco ao puro uma pessoa se assusta mas é gradual começa com isso começa na hora de alimentar se chama panelas eu uso um prato faz um barulho em uma panela que faça barulho bater no chão ele vem pra comer catar na panela você fazendo barulho aquele maneira associado estampido com comida estampido algo positivo barulho com algo positivo e isso como positivo a brincadeira com cães filhotes eu sempre gostei de trabalhar com um balão que me enche o balão e brincar com um cachorro mas brincar brincar eles tornam a estourar um balão é e não recolher o balão porque esses balões modernos eles têm um cheiro adocicado os animais ou peta cury então é uma forma na hora que os cães estão comendo serve como o alimento você pega uma garrafa pet enche de pedrinhas de brita e pacote faz um barulho um barulho bem alta a idéia é simples tudo que você tem que fazer é associar estampidos as situações a estímulos positivos ou seja estampido associada à brincadeira estando associado à comida alimentação a carinho estampido associado à saída o cachorro goste há uma associação positiva se você faz com o filhote vale em 34 semanas há há há 23 meses vai gravar agravar de forma muito muito forte eu gosto de comendo aí com uns 50 dias eu só combina longe do lado do cachorro é longe pá pá pá há a distância vai diminuir e e geoff hoon o bom dia não é tão legal um banho ou região cara vou botar do lado do cachorro é um foguete no cachorro lei perfeita e se os foguetes e um vira pro cachorro claro que não é claro que não é bom senso pessoal eu tenho que explicar porque eu vejo cada coisa se você soubesse cada pergunta que me fazem o cada situação que me apresenta então tem que explicar a água que falou falei pra matar o cachorro um tiro de bazuca o cachorro a e associar com é com estima o estilo positivo é associar a situação positiva uma tampinha é isso de forma gradual bom eu espero que tenha ajudado um abraço a todos feliz natal a todos feliz ano novo a todos muito obrigado pelo pessoal que o pessoal que me acompanhou este ano obrigado a todos um grande abraço e agradeço a companhia de vocês aos elogios agradecimento eu fico muito grande coração que deus abençoe todos a feliz natal e próspero normal até a próxima.

Deixe seu comentário

Explorar cursos
Jairo Teixeira - Especialista em Adestramento de Cães e Comportamento

Seu professor de adestramento canino

Olá! Eu sou o Jairo Teixeira e passei a maior parte da minha vida observando e estudando o comportamento dos cães, em um ambiente repleto de mitos, lendas e com pouca informação verdadeira. Após décadas trabalhando milhares de cães das mais diversas raças, consegui compreender qual é o seu verdadeiro "status" mental e emocional. Agora a minha missão é compartilhar todo o meu conhecimento de adestramento de cães e comportamento canino, e ensinar você a desenvolver um relacionamento harmônico com o seu cachorro.

Quero conhecer melhor...
compra verificada
Shares